A sociologia de durkheim

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1296 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de maio de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Centro Universitário Estácio do Ceará
Kátia Custódio da Silva

Fundamentos das Ciências Sociais, Noite MF 08.

RESUMO DO TEXTO- A sociologia de Durkheim

Durkheim, apontado como um dos grandes teóricos da sociologia, tentava emancipar a sociologia das demais teorias da sociedade. Procurou definir o objeto de estudo, o método e as aplicações das ciências sociais buscando no positivismo oespírito científico (sua inspiração). Em seu livro: “As Regras do Método Sociológico”, publicado em 1895, define, com clareza, o objeto de estudo da sociologia, “os fatos sociais”. Para Durkheim, o fato social é experimentado pelo indivíduo como realidade independente e preexistente. Assim são três características básicas que distinguem os fatos sociais para Durkheim. A primeira delas é a CoerçãoSocial, que significa a força que os fatos exercem sobre os indivíduos. Os indivíduos se conformam com as regras da sociedade, e essa força se dá através da língua, das leis, das regras morais. A Força Coercitiva se torna evidente pelas “Sanções Legais” ou “Espontâneas”. Sanções Legais, prescritas pela sociedade através de leis (penalidade e infração definidas). Sanções espontâneas, quesignifica a resposta a uma conduta inadequada (olhar de reprovação das pessoas), pois estão ferindo os “bons costumes”. O comportamento desviante num grupo social pode não ter penalidade prevista por lei, mas o grupo pode espontaneamente reagir castigando quem não se comporta de forma discordante em relação a determinados valores e princípios. A reação negativa da sociedade a certa atitude oucomportamento é, muitas vezes, mais intimidadora do que a própria lei.
Para Durkheim a educação tem um papel importante na conformação do indivíduo à sociedade em que vive, seja a educação formal ou informal. A educação tem o papel de ajudar a internalizar as regras sociais, como uso de determinada língua, gosto culinário, determinados padrões de arte etc. A segunda característica são os fatores“exteriores ao indivíduo”, que atuam sobre o indivíduo, independentemente de sua vontade ou de sua adesão consciente. Ao nascermos, já encontramos as regras sociais, costumes e leis que somos coagidos a aceitar por meio de mecanismo de coerção social, como a educação. Os fatos sociais são ao mesmo tempo “coercitivos” e dotados de existência exterior às consciências individuais. A terceira característicaé a “generalidade”. É social todo fato que é geral, que se repete em todos os indivíduos ou, pelo menos, na maioria deles que ocorre em distintas sociedades em um determinado momento ou ao longo do tempo. Por generalidade, os acontecimentos manifestam sua natureza coletiva, sejam eles os costumes, os sentimentos comuns ao grupo, as crenças ou os valores. Formas de habitação, sistemas de comunicaçãoe a moral existente numa sociedade apresentam essa generalidade.
Durkheim procurou definir o método de conhecimento da sociologia através desses fatos sociais. Para ele, o pesquisador deve manter distanciamento e neutralidade em relação aos fatos, sendo o mais objetivo possível, assim buscando a objetividade do fato social. O pesquisador deve deixar de lado pré-conceitos, valores e sentimentospessoais para a busca de uma verdade (conhecimento verdadeiro). Aconselhava os cientistas sociais a encarar os fatos sociais como “coisas” (objeto). Para identificar os fatos saciais entre diversos acontecimentos da vida, orienta o sociólogo a ater-se àqueles acontecimentos mais gerais e repetitivos e que apresentam características exteriores comuns, os crimes, por exemplo.
Durkheim estudouprofundamente o suicídio, utilizando nesse trabalho a metodologia defendida e propagada por ele. Para Durkheim, o suicídio é um fato social por sua presença universal em toda e qualquer sociedade, e por suas características exteriores completamente independentes das razões que levam cada suicida a acabar com a própria vida. Durkheim verificou que o suicídio depende de leis sociais e não da...
tracking img