A sociedade capitalista moderna e a ética protestante.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1130 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A SOCIEDADE CAPITALISTA MODERNA E A ÉTICA PROTESTANTE.

Max Weber, considerado racionalista, investigou com neutralidade a influência das idéias religiosas protestantes sobre o comportamento econômico e sobre o consequente desenvolvimento do capitalismo. O sociólogo não faz críticas à ênfase no trabalho e à busca do ganho econômico pelos protestantes. Da mesma forma, não avalia asconcepções católicas de rejeição aos assuntos mundanos. Na verdade, analisa a relação entre a religião e o aspecto econômico, demonstrando as influências recíprocas e na transformação da sociedade como um todo.
Por fim, necessário ressaltar que apesar de não apresentar a questão de forma direta, o resultado da pesquisa do autor permite estabelecer conexões entre a ação social analisada e o própriodireito e deste com o capitalismo.
Para a elaboração do presente artigo analisou-se a obra “A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo” e as concepções racionalistas de seu autor, Max Weber, acerca de temas por ele abordados e presentes na sociedade de nossa época, tais como capitalismo, burocracia, religião e direito. Resultados e Discussão
Na obra “A Ética Protestante e o Espírito doCapitalismo” Max Weber demonstra a relação existente entre as concepções religiosas protestantes e o desenvolvimento do capitalismo na Europa, ressaltando o puritanismo inglês em seu capítulo V.
Os fenômenos culturais no Ocidente apresentam linha de desenvolvimento de significado e valor universais em toda a História. Isso ocorreu no campo das ciências, por meio da sistematização,fundamentação e método. Do mesmo modo, com a organização de grupos sociais e políticos, a representatividade, a constituição racionalmente redigida, o capitalismo.
No entanto, a busca pelo ganho, pelo lucro, não é exclusividade do capitalismo, é anterior a ele e comum à toda sorte de condições humanas. Neste sentido, Max Weber define a especificidade da ação econômica capitalista como “aquela que repousa naexpectativa de lucros pela utilização das oportunidades de troca”
Dois fatores determinaram que no Ocidente se desenvolvesse uma forma diferente de capitalismo, a organização capitalística racional do trabalho livre, não especulativa, voltada para um mercado regular: a separação espacial entre o local de trabalho e a residência e a contabilidade racional.
Assim, na história universal dacultura, o que nos interessa não é o desenvolvimento da atividade capitalística como tal, mas a origem do sóbrio capitalismo burguês com sua organização racional do trabalho.
O moderno capitalismo ocidental foi fortemente influenciado pelo desenvolvimento dos fatores técnicos, entre os quais estão, de maneira incontestável, as estruturas racionais das leis e da administração; disponíveis paraa atividade econômica apenas no Ocidente. Esse sistema se deve também ao interesse capitalístico, mas não só a ele. O que se pretende desvendar é a peculiaridade do racionalismo ocidental.
Na tentativa de obter tal explicação, deve-se considerar a condição econômica, fundamentalmente; no entanto, o racionalismo é também determinado pela disposição do homem em adotar certos tipos de condutaracional, para tanto influenciado pelas forças religiosas e as idéias éticas de dever.
Muitas vezes provocou discussões o fato de que nos países de composição religiosa mista, os detentores de bens ou especialização profissional serem predominantemente protestantes, bem como as cidades mais ricas.
O maior número de protestantes em posição de mando pode ser explicado, hoje, em parte, comoresultado da maior riqueza material herdada por eles. Percebe-se também que os católicos tinham preferência pelo engajamento nos ginásios humanísticos e os protestantes em estudos técnicos e ocupações comerciais e industriais.
Uma análise superficial poderia levar a admitir que a menor mundanidade do catolicismo e o caráter ascético de seus ideais induzem à indiferença para com as coisas...
tracking img