A pepsico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2828 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Ano II - Nº 5 - Outubro 2002

BOLETIM

DA

ASSOCIAÇÃO ECR BRASIL

SOBRE

EFICIÊNCIA

EMPRESARIAL

P rêmio ECR
Cristina Orsolin Klingenberg, formada em administração de empresas pela Universidade do Vale dos Sinos (Unisinos/RS), foi a vencedora do 2º Prêmio ECR de Pesquisa, promovido pela Associação ECR Brasil. O tema do trabalho, “Construção de um modelo orientativo para implantação do VendorManaged Inventory (VMI) na indústria e varejo”, compõe a tese de mestrado da estudante e também será apresentado no Congresso LatinoAmericano de Administração de Empresas (Cladea), em outubro, na cidade de Porto Alegre (RS). O segundo lugar do prêmio foi conferido ao “Estudo de caso: Análise de desempenho e gerenciamento de espaço em supermercado”, de Umberto Antonio Sesso Filho, pesquisador daEscola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq/USP) em Piracicaba (SP). O prêmio para o primeiro lugar foi um notebook, oferecido pela IBM, e para o segundo, um Palmtop.

Diferencial que ninguém ensina
Enxergar os negócios sob o ponto de vista do consumidor ainda é a maior qualidade de todo profissional envolvido com o varejo
Separar eficiência do bom atendimento significa nunca se esquecer queo obColocar uma lata de ervilhas na gôn- jetivo final do varejo é satisfazer o condola de um supermercado hoje envolve sumidor. E que, para isso, é necessário uma série de processos e procedimen- enxergar o negócio sob o ponto de vista tos muito diferentes do que há 20 anos. dos clientes. Afinal, a dona de casa não E é um exemplo indiscutível da impor- está interessada nos processos e tecnotânciados mais recentes conceitos de logias que o supermercado e os fornegestão empresarial, e das novas tecno- cedores utilizaram para que o morango logias e processos como o ECR, na trans- ou a carne chegassem à loja de forma formação do varejo em modelo de ne- eficiente ou com baixo custo para a cagócios moderno, dinâmico e altamente deia de abastecimento. O que ela quer é competitivo, muito distantedaquela ve- um produto fresco e saboroso, para se lha idéia de administrar a loja com o “lá- transformar em torta ou churrasco. pis atrás da orelha”. Portanto, eficiência na operação tem Porém, todos esses esforços e in- de interagir com atendimento pessoal, vestimentos em planejamento estraté- de forma que uma complemente a ougico, gerenciamento por categorias, co- tra. Além de fazer com que oconsumimércio eletrônico e reposição eficiente dor se sinta satisfeito em entrar em uma vão por água abaixo a cada vez que a loja limpa, agradável, bem sinalizada, consumidora chega em com amplo sortimento e Cliente jamais preços competitivos, não casa e descobre que os morangos que acabou de se pode abrir mão do capoderá ser comprar na sua loja viraram lor humano, de funcionáconsiderado “suco demorango”, porque rios prestativos, prontos a atendente colocou uma para tirar dúvidas, inforapenas como série de latas de óleo em mar sobre novidades e uma cifra cima da caixa com as fruque também ouçam sutas na hora de empacotar gestões e reclamações. os produtos. Ou do consumidor que, ao Por esses motivos, além do espírito emse preparar para fazer um churrasco no preendedor, fluência em idiomas edomífim de semana, descobre que a carne nio de tecnologias e processos, também não está com bom aspecto. é imprescindível gostar de se relacionar Isso costuma acontecer quando as com as pessoas. Esse é o pré-requisito empresas confundem eficiência com que diferencia um bom profissional da bom atendimento. Quando isso ocorre, área de varejo. Por que tecnologias, proacabam encarando tudo apenas dopon- cessos e métodos de administração poto de vista operacional. Para eles, o mo- dem ser ensinados em escolas, universirango ou a carne são apenas um produ- dades ou nas próprias empresas, mas ninto, uma caixa ou um caminhão. E, infeliz- guém pode ensinar a gostar de gente. mente, esse raciocínio se estende também aos consumidores, que se tornam Maria Aparecida Fonseca é diretora de Recursos...
tracking img