A natureza do problema economico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1645 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A Economia é o estudo da maneira como os homens e a sociedadedecidem, com ou sem a utilização do dinheiro, empregar recursos produtivosescassos, que poderiam ter aplicações alternativas, para produzir diversasmercadorias ao longo do tempo e distribuí-las para consumo, agora e no futuro,entre diversas pessoas e grupos da sociedade. A Economia analisa os custos e osbenefícios da melhoria dasconfigurações de alocação de recursos.



O maior problema ecônomico é a escassez. O economista ''Lionel Robbins'' propõe que, a economia lidaria com o comportamento humano enquanto condicionado pela escassez dos recursos: ''a economia trata da relação entre fins e meios (escassos) disponíveis para atingi-los. Deste modo, o foco da ciência econômica consistiria em estudar os fluxos e meios daalocação de recursos para atingir determinado fim, qualquer que seja a natureza deste último. Segundo os economistas austríacos, especialmente Mises, a economia seria a ciência da ação humana proposital para a obtenção de certos fins em um mundo condicionado pela escassez''. Ou seja, ciência econômica procura resolver o problema da escassez, atribuindo um grau de importância a cada necessidade esugerindo a canalização dos recursos para a satisfação das necessidades mais urgentes. Um indivíduo deve satisfazer suas necessidades. Porém, o alimento cotidiano e o lazer não têm a mesma importância.Por escassez entende-se a situação em que os recursos são limitados e podem ser utilizados de diferentes maneiras, de tal modo que devemos sacrificar uma coisa por outra. A seguir, apresentam-sesituações de escassez comum no dia-a-dia, limitados x necessidades ilimitadas : Uma quantidade limitada de recursos (dinheiro) para consumir alimentos ofertados nos supermercados exige a escolha entre acompra de determinadas mercadorias (comprar unidades a mais de umproduto e a menos de outro).

Como o mercado, essa imensa e confusa teia de indivíduos e empresas,determina a alocação dos recursos dasociedade?Para responder a esta pergunta, teremos de esclarecer as atividades domercado e descobrir em seu fluxo um padrão qualquer que nos permitacompreender como ele funciona.Alguns elementos são necessários para que haja produção. Chamamos de fatores de produção os seguintes elementos básicos:
Recursos Naturais: são os recursos obtidos da natureza e que vãoser transformados através da indústria:ferro, madeira, petróleo, terras,etc.
Trabalho: é a colaboração da energia humana, manual ou intelectual,no processo de produção.
Capital: é tudo aquilo que é fruto de poupança e que vai aumentar aprodução.Na verdade, existe um padrão. Se olharmos para o fluxo de mercado,observamos que os participantes não são iguais.Um grupo de participantes consiste de indivíduos, como nós, que entramno mercadocomo compradores.
Recursos naturais:terras cultiváveis, florestas e matérias-primas.
TRABALHO: operários,técnicos,engenheiros,comerciantes e profissionais liberais.
CAPITAL: dinheiro,maquinário,ferramenta e barragens.
Na verdade, existe um padrão. Se olharmos para o fluxo de mercado,observamos que os participantes não são iguais.Um grupo de participantes consiste de indivíduos, como nós, queentramno mercado como compradores, buscando os bens e serviços que desejam ou que podem comprar. Esses são os consumidores, que normalmente pensamos ser oúnico – ou pelo menos, o mais importante – grupo do “mercado”. Mas, se olharmosoutra vez, podemos ver que não são.Existe um segundo grupo, tão grande e importante quanto o primeiro, cujopapel vamos examinar agora. São os indivíduos que jáidentificamos comoconsumidores, desta vez, entretanto, no mercado com um propósito diferente:ganhar a vida oferecendo seus serviços para a produção. Além disso, podemosdistinguir pelo menos três tipos de serviços oferecidos por esses indivíduos:
-o primeiro é o trabalho, oferecido pelos indivíduos sob várias formas,desde as profissões não especializadas e de baixa remuneração, atéas sofisticadas e...
tracking img