A musicoterapia como coadjuvante da medicina

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1118 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ - UFPI
CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO - CCE
DEP. DE EDUCAÇÃO ARTISTÍCA - DMA
DISCIPLINA: SEMINÁRIO DE PRESQUISA EM MÚSICA
PROF: JOÃO BERCHMANS
PERÓDO: 1°. 2012
ALUNO: Antonio David de Morais Carvalho. 12E1556-2










Pré - Projeto


Tema:

A Musicoterapia como coadjuvante da medicina




















Timon(MA),Nov/2012
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ - UFPI
CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO - CCE
DEP. DE EDUCAÇÃO ARTISTÍCA - DMA
DISCIPLINA: SEMINÁRIO DE PRESQUISA EM MÚSICA
PROF: JOÃO BERCHMANS
PERÓDO: 1°. 2012
ALUNO: Antonio David de Morais Carvalho. 12E1556-2







Pré - Projeto

Tema:

A Musicoterapia como coadjuvante da medicina

Pré-projeto para a DisciplinaSeminário de
Pesquisa em Música como requisito básico
para conclusão da mesma.

Orientador: Prof. Dr.
João Berchmans de Carvalho Sobrinho












Timon(MA), Nov/2012
SUMÁRIO



1.INTRODUÇÃO – TEMA E PROBLEMATIZAÇÃO ................... 4

2. JUSTIFICATIVA .............................................................................. 5

3. OBJETIVOS ...................................................................................... 6

3. 1 GERAL ....................................................................................... 6

3. 2 ESPECÍFICOS........................................................................... 6


4. METODOLOGIA DA PESQUISA .................................................. 7

5. REFERENCIAL TEÓRICO ............................................................. 8

7. BIBLIOGRAFIA ................................................................................ 9

6. CRONOGRAMA.............................................................................. 10















1. INTRODUÇÃO – TEMA E PROBLEMATIZAÇÃO


A Musicoterapia como coadjuvante da medicina. Como base o referencial teórico da musicoterapia como princípio de beneficência patológica devido ao fato de que a música, naturalmente, está inserida no inconsciente individual e coletivo das pessoas dando-nos assim, oembasamento científico no uso deste recurso como objetivo terapêutico na saúde de todo indivíduo.

O interesse por este tema se deu justamente pela percepção de todas as pessoas estarem, de algum modo, estarem “desafinada” por não terem a oportunidade de serem acompanhadas por profissionais que irão direcioná-las a canalização de alívios de várias doenças.



















2.JUSTIFICATIVA

A música, como terapia, exerce no universo de cada pessoa certo equilíbrio psicológico, tendo todos os componentes necessários para a segurança e o controle emocional de cada indivíduo.

Há muito tempo, a musicologia já estabelecida e comprovadamente no auxílio no nosso equilíbrio mental, corporal e espiritual, pois quando exerce o poder de acalmar regula profunda eharmonicamente todo o organismo de quem esteja sendo acompanhada pela essa nova ciência.

Para o músico que se propôs a desenvolver a metodologia da musicoterapia em sua trajetória de vida tornam-se ativos e eficazes, após um longo treinamento acadêmico e, desta forma, serem colocados a servido da função de musico terapeuta, ciência hoje considerada a base de toda técnica de proporcionar aos pacientesalívios das mais variadas patologias, interferindo sensível e profundamente na saúde dos mesmos.















3. OBJETIVO

3.1 GERAL

Propormos a compreender e caracterizar as práticas no que diz respeitos ao estudo da Musicoterapia no contexto clínico nos âmbitos da medicina.

3.2 ESPECÍFICO

O principal objetivo pretendido é o relaxamento proporcionado aos...
tracking img