A melancolia de elias

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 51 (12503 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A Melancolia de Elias

E entrou no deserto, caminhando um dia. Chegou a um pé de giesta, sentou-se debaixo dele e orou, pedindo a morte: “Já tive o bastante, Senhor. Tira a minha vida; não sou melhor do que os meus antepassados.” 1 Reis 19:4

Elias estava apavorado. Apenas alguns dias antes, estava nas nuvens, sentindo-se no topo do mundo. Defendeu sozinho o nome de Yahweh no Monte Carmelo,desafiando os profetas de Baal a provar que o deus deles era capaz de fazer cair fogo do céu. Perante a multidão reunida – realeza, líderes religiosos e o povo comum – Elias demonstrou o poder impressionante do Deus vivo. Aquele foi um dia espetacular para Yahweh e para Elias.

O dia foi encerrado com fogos de artifício adicionais. Depois de Elias ter orado fervorosamente para que a chuvacolocasse um fim na terrível seca, o céu escureceu com nuvens carregadas. O vento soprou e trouxe consigo uma chuva pesada. Repleto de energia e muita adrenalina, Elias se vestiu e correu à frente da carruagem do rei Acabe ao longo de todo o caminho até Jezreel.

Tão para cima, e agora tão para baixo. Novamente sozinho, mas dessa vez no deserto de Berseba, ao extremo sul. Correu o máximo que pôdetemendo pela própria vida. Jezabel, esposa de Acabe, tomada de raiva pela morte de seus profetas no Monte Carmelo, enviou uma mensagem para Elias, dizendo que seus dias estavam contados. E Elias? Ele, que havia defendido sozinho o nome de Deus no Monte Carmelo, ficou apavorado e correu para se salvar.

Então desejou morrer. Ele orou para que Deus tirasse sua vida. Sentia-se um verdadeirofracassado.

Você já se sentiu como Elias? Claro! Essa história é a nossa história. Ficamos cansados de fazer coisas boas e perdemos o foco. Concentramo-nos em nós mesmos, passamos a pensar que somos os únicos a fazer o trabalho de Deus, que sem nós nada mais será feito – e com isso ficamos desanimados.

Os baixos sucedem os altos no ritmo da natureza. Quando ficamos envaidecidos com o “sucesso” esentimos que somos invencíveis, tão certo quanto a noite segue o dia, somos levados ao desânimo.

A melhor parte da história de Elias foi a maneira pela qual o Senhor lhe demonstrou graça num momento de medo e profunda tristeza. Deus lhe proveu alimento e o ajudou a dormir. Em seguida, ampliou-lhe a visão – ele não estava sozinho, ele não era indispensável. Deus estava no controle de tudo. Eainda está.

Deus não atendeu ao pedido que Elias fez tomado por medo e angústia. Elias não morreu – nem naquele dia nem depois!

2 de junho Sábado

A História de Fred Hale

Honra teu pai e tua mãe, a fim de que tenhas vida longa na terra que o Senhor, o teu Deus, te dá. Êxodo 20:12

O noticiário anunciou o falecimento de Fred Hale, o homem mais velho do mundo. Ele morreu durante o sono emSyracuse, Nova York, ao tentar recuperar-se de uma pneumonia. Hale estava a doze dias de seu aniversário de 114 anos.

Havia 50 anos, Hale tinha se aposentado como maquinista e apicultor. De acordo com o neto, Fred Hale III, o avô gostava de cuidar do jardim, fazer compotas de frutas e legumes e preparar purê de maçã. “Ele não precisa de muito para ser feliz.”

Incrível! Uma vida que começouno século 19, que testemunhou completamente o século 20 e alcançou o século 21. As duas guerras mundiais – Fred Hale viu as duas. A ascensão e a queda do comunismo. O declínio do Império Britânico. A era nuclear. A guerra fria. Quando Hale nasceu, havia apenas 43 estrelas na bandeira norte-americana.

Os anos continuaram a passar; Hale continuou a fazer coisas novas. Aos 95 anos viajou para oJapão para visitar um dos netos que estava na Marinha dos Estados Unidos. Na viagem de volta, parou no Havaí para praticar bodyboarding pela primeira vez. Aos 103 anos, Hale ainda morava sozinho, e retirava a neve acumulada de seu telhado! Ele morou em Maine, seu estado natal, até os 109 anos, ocasião em que se mudou para perto do filho, Fred, atualmente na casa dos 80. E aqui está a parte mais...
tracking img