A literatura psicologica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1951 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A literatura psicológica está repleta de estudos sobre a complexidade dos relacionamentos entre irmãos, que tipicamente são os mais longos na vida de uma pessoa. E embora boa parte das pesquisas girem em torno de irmãos em termos gerais, o relacionamento entre irmãs recebe muita atenção porque dados de pesquisas sugerem que elas tendem a manter mais contato, quando adultas, do que outros pares deirmãos.
Embora isso signifique maior proximidade entre as irmãs, especialmente à medida que envelhecem, também quer dizer mais oportunidade de conflito e rivalidade. "Uma irmã saberá exatamente o que dizer para animar sua irmã, e também para enchê-la de dúvidas", disse Terri Apter, psicóloga da Universidade de Cambridge e estudiosa do relacionamento entre irmãs.
Os pais gostam de manter aesperança de que seus filhos sempre manterão um relacionamento estreito, mesmo depois de adultos. Mas embora escolhamos nossos amigos e possamos confiar em nossos pais, os irmãos tendem a permanecer em nossas vidas nem por escolha e nem por necessidade. Em lugar disso, eles representam uma fonte de competição pela atenção de nossos pais.
"Há filhos que se sentem forçados a suportar os irmãos", disseJudy Dunn, professora de psicologia do desenvolvimento do King's College, de Londres, e uma das mais renomadas especialistas no relacionamento entre irmãos. "Trata-se de um relacionamento completamente desinibido. Se você se irrita com um irmão, puxa logo o cabelo dele ou diz exatamente aquilo que sabe que servirá para irritá-lo mais".
O papel dos pais
No entanto, alguns pais sabotam sem saber orelacionamento entre seus filhos ao atribuir responsabilidade excessiva à criança mais velha. Os filhos mais velhos muitas vezes são forçados a brincar com os mais novos e a cuidar deles, o que cria ressentimento. E alguns pais cometem o erro de tratar os filhos mais velhos como se fossem confidentes, o que perturba o relacionamento entre as crianças.
A História demonstra que as rivalidades entreirmãos sempre existiram e são narradas na Bíblia como é o caso de Caim e Abel e na história de Roma quando apresenta a rivalidade entre os irmãos Romulo e Remo
A rivalidade entre irmãos, é um acontecimento normal, inevitável e necessário, e são freqüentes cuja utilidade é ignorada pela maioria dos pais, e devem saber a posição que devem tomar, enquanto pais ou educadores sendo. considerada pormuitos pais como um mau sentimento e que, por isso, deva ser combatido. Sendo entretanto um sentimento benéfico, desde que não extrapola certos limites.
Imaginemos por exemplo, uma criança de dois anos brincando com o seu carrinho predileto. Ela não entrega esse brinquedo, de livre e espontânea vontade, ao seu irmão. Pelo contrário, vai gritar, puxar, e dizer que não, que aquele carro é só dele.Se analisarmos este cenário provavelmente não vamos constatar nada de anormal. É um acontecimento comum, onde o procedimento da criança demonstra egocentrismo: ela não quer partilhar o brinquedo com o seu irmão. Mas isto não significa que ela não gosta dele. Pelo contrário, esta rivalidade é uma oportunidade para começar um processo de aprendizagem relativamente ao conceito de partilha.
Assim, arelação entre irmãos caracteriza-se pela contrariedade de sentimentos: amor versus. raiva, que funciona como uma mola impulsionadora da aprendizagem. É um marco importante na estrutura psicológica da criança, tanto ao nível psíquico como ao social, que deve ser encarado como um processo de crescimento natural, desde que não atinja proporções de agressividades perigosas.
Mas os pais devem saberque o irmão é uma figura de referência, , com quem partilha os momentos da vida, as alegrias e as tristezas. É a companhia ideal para os momentos de lazer, mas em determinadas situações, é um provocador com quem se discute e se cria alguma rivalidade
Os pais e educadores, vivem freqüentemente o dilema de como evitar que as crianças discutam. Sabem que não podem tomar partido, mas não têm noção do...
tracking img