A lei de deus

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1750 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A SANTA LEI DE DEUS

DISTINÇÃO DE LEIS

Crê boa parte dos cristãos de hoje que a Lei de Deus foi abolida quando Cristo morreu na cruz. Assim admitem esses irmãos, pelo fato de aceitarem que a Bíblia apresenta apenas uma lei, a Lei de Moisés. Entendem pelo termo “lei”, encontrado nas escrituras, como definindo todas as leis da Bíblia. Não compreendem a separação delas, e discordam quehaja distinção entre as mesmas. Tudo se resume, pensam na Lei de Moisés. Não aceitam a existência de um código particular, como a Lei Moral (Os Dez Mandamentos), ou a Lei Cerimonial (Ritualismo Judaico).

A Bíblia apresenta diversas leis, entre as quais destaco;


Lei Moral – os Dez Mandamentos Êxodo 20:1-17
Lei Cerimonial – Ritualismo Judaico Levíticos 23
Lei Dietética – de SaúdeLevíticos 11
Lei Civil – que regia o governo
Leis de Casamento
Leis de Divórcio
Leis de Escravatura
Leis de Propriedade
Leis de Guerra, etc.

Lei Moral – os Dez Mandamentos Êxodo 20:1-17
Lei Cerimonial – Ritualismo Judaico Levíticos 23
Lei Dietética – de Saúde Levíticos 11
Lei Civil – que regia o governo
Leis de Casamento
Leis de Divórcio
Leis de Escravatura
Leis de PropriedadeLeis de Guerra, etc.


Caiu no domínio popular cristão que, quando se menciona ou se lê na Bíblia a palavra lei, tudo se resume na Lei de Moisés, o que não é correto. De fato existem muitas leis que foram enunciadas, escritas e entregues por Moisés, embora provenham de Deus, e entre elas está a Lei Cerimonial, consistindo de um ritual que os judeus deveriam praticar até a chegada do MessiasJesus. Esse ritual simbolizava o evangelho para os judeus, e compunha-se de ordenanças como: ofertas diversas, holocaustos, abluções, sacrifícios, dias anuais de festas específicas e deveres sacerdotais (llCrôn. 23:18, Lev. 23, llCrôn. 30:16, Esdras 3:2).
Estudando com cuidado e carinho, qualquer um encontrará na Bíblia essa variedade de leis.

Há, porém um código particular edistinto, escrito e entregue pelo próprio Deus a Moisés; é a Lei Moral dos Dez Mandamentos, e em nenhuma parte das escrituras é esta lei chamada de Lei de Moisés.
Há, porém um código particular e distinto, escrito e entregue pelo próprio Deus a Moisés; é a Lei Moral dos Dez Mandamentos, e em nenhuma parte das escrituras é esta lei chamada de Lei de Moisés.
William Franklin Billy Graham Jr.,pregador batista, considerado o maior evangelista da atualidade e fundamentalista, assim se expressou sobre a Lei de Deus. Aqui está reproduzida uma pergunta específica de um repórter e consequente resposta textual, como estão na coluna de um jornal londrino (reproduzidas em Sings of the times de 23.08.1995, página 4).

Pergunta: Mr. Graham, alguns homens religiosos que conheço, dizem queos Dez Mandamentos são parte da “lei” e não se aplicam a nós hoje. Dizem que nós, como cristãos, estamos “livres da lei”. Está certo?

Resposta: Não, não está certo, e espero que você não seja desencaminhada por estas opiniões; é de uma importância compreender o que quer dizer o Novo Testamento quando afirma que estamos ‘livres da lei’. Como é evidente, a palavra ‘lei’ é usada pelosescritores do Novo Testamento em dois sentidos. Algumas vezes ela se refere à Lei Cerimonial – do Velho Testamento, que se relaciona com matéria ritualística e regulamentos concernentes a manjares, bebidas e coisas deste gênero. Desta lei, os cristãos estão livres na verdade. Mas o Novo Testamento também fala da Lei Moral, a qual é de caráter permanente e imutável e está sumariada nos Dez Mandamentos. A.BChristianini, Subtilizas do Erro, pág, 63-64.
Este famoso pregador batista confirma o que a Bíblia apresenta com enorme clareza.

Vamos consultar, também, o que diz o apóstolo Paulo, a respeito do assunto:

I Coríntios 14:21
“Está escrito na lei; Por gente doutras línguas, e por outros lábios, falarei a este povo...”.

Aqui, Paulo não se refere nem a Lei Moral,...
tracking img