A importancia da motricidade fina em pacientes portadores de mielomeningocele

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1626 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FAUC- FACULDADE DE CUIABÁ











A IMPORTÂNCIA DA MOTRICIDADE FINA EM CRIANÇA PORTADORA DE MIELOMENINGOCELE





ANA PAULA SCALABRIN SERON




CAMPO VERDE-MT
2011
FAUC-FACULDADE CUIABÁ
PÓS-GRADUAÇAO “LATU SENSO”









A IMPORTÂNCIA DA MOTRICIDADE FINA EM CRIANÇA PORTADORA DE MIELOMENINGOCELE




Trabalho realizado, em cumprimento as exigênciascurriculares, para a obtenção do certificado” Latu Senso”, em psicopedagogia, pela aluna Ana Paula Scalabrin Seron, graduada em fisioterapia e pós graduada em fisiologia do desporto.





Resumo
A Espinha Bífida ou mielomeningocele (MM), uma grave anormalidade congênita do sistema nervoso, desenvolve-se nos três primeiros meses de gestação e representa um defeito na formação do tubo neural.Neste defeito, as estruturas da porção posterior da coluna vertebral não se fecham adequadamente, o que leva a exposição em graus variados do conteúdo do sistema nervoso da região afetada. Na MM, as manifestações clinicas dependem da localização e grau da extrusão da medula. Estudos constataram que crianças com essa má formação podem apresentar atrasos no desenvolvimento psicomotor, inclusive namotricidade fina, o que desencadeia prejuízos na área educacional em especial na escrita, já que esta é a capacidade de controlar a habilidade das mãos afim de atingir uma resposta precisa à tarefa. Sendo assim essa pesquisa teve como objetivo avaliar a importância da motricidade fina em criança portadora de MM. Este estudo de caso foi realizado com um menino portador dessa síndrome , na Escola SãoLourenço, no município de Campo Verde. O resultado obtido confirma a literatura, pois essa criança apresentou atraso na motricidade fina, devido a dificuldade da mesma se locomover e explorar seu ambiente. Esse resultado deixou claro a necessidade da psicomotricidade como intervenção terapêutica, visto que, a reeducação psicomotora é uma estratégia de ajuda na atividade escolar, minimizando déficitdo desenvolvimento psicomotor, em epecial a motricidade fina.
Palavras-chaves: Desenvolvimento psicomotor, motricidade fina, mielomeningocele.

INTRODUÇÂO
A espinha bífida é uma anomalia que pode afetar a pele do dorso, coluna vertebral, meninges, raízes nervosas espinais, medula e vísceras abdominais.Nessa malformação ocorre uma alteração do desenvolvimento da coluna vertebral por falta defusão entre os arcos vertebrais, com ou sem protusão, e displasia da medula espinal e sua membrana. Pode ser divida em duas formas clínicas: Espina Bífida Oculta e Espina Bífida Aberta, sendo que a mielomeningocele (MM) é tida como Espina Bífida Aberta em que a malformação é protusa e aparente ao nascimento, caracteriza-se pela falta de fusão dos arcos vertebrais com distensão cística das meninges eexistência de tecido nervoso dentro do saco meníngeo, ocorrendo déficit neurológico abaixo do nível da lesão. Se não estiver bem coberta por pele, a bolsa na MM pode facilmente se romper, aumentando o risco de meningite
A incidênia na população mundial é de aproximadamente 1:1000 bebês nascidos vivos, sendo mais comum na raça branca, classes menos favorecidas, mães jovens e idosas. Não existecausa exclusiva, no entanto, sabe-se que a carência de ácido fólico materno esta ligada a ocorrência do problema. Infelizmente o defeito acontece muito precocemente na gravidez, devido a isso, o ácido fólico deve ser ingerido já no planejamento da gravidez, principalmente por mulheres que já tiveram uma criança afetada na família e para mulheres em idade fértil.
Outras causas também estão ligadas aeste problema como a diabetes materna, deficiência de zinco e ingestão de álcool durante os primeiros três meses de gravidez.
Para Gabrieli apud Azambuja, a MM pode ser classificada de acordo com o nível neurológico em: torácica, lombar alta, entre as três primeiras vértebras lombares, lombar baixa e sacral.
Os sintomas da MM dependem da localização e do grau de extrusão da medula...
tracking img