A importancia da filosofia e historia da educação

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1864 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO
CAMPUS DE GRAJAÚ
LICENCIATURA EM CIÊNCIAS HUMANAS
FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO










A IMPORTÂNCIA DA FILOSOFIA E HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO



RAYANNE MARTINS DE SOUSA













GRAJAÚ, 2013

UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO
CAMPUS DE GRAJAÚ
LICENCIATURA EM CIÊNCIAS HUMANAS
FUNDAMENTOS DAEDUCAÇÃO








A IMPORTÂNCIA DA FILOSOFIA E HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO



RAYANNE MARTINS DE SOUSA

Trabalho acadêmico, apresentado na disciplina “Fundamentos Históricos e Filosóficos da Educação” do curso de Licenciatura em Ciências Humanas da Universidade Federal do Maranhão, como exigência parcial para aprovação.
Orientador: Prof. º. Me. Ramon Luis de Santana Alcântara.GRAJAÚ, 2013

REFERENCIAS

ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. História da Educação. São Paulo, SP. Editora Moderna. 1996.
SAVIANI, Demerval. Educação: do senso comum à consciência filosófica. São Paulo, SP. Editora Cortez. 1989.

Importância da história da educação

História e Pedagogia, teorias que tem por objetivo ação humana. A história é a interpretação daação transformadora do homem no tempo. A pedagogia é a teoria critica da educação, ação do homem quanto transmite ou modifica a herança cultural.
O trabalho é a ação transformadora, modifica também a maneira de pensar, agir e sentir, de modo que nunca permanecemos os mesmos, pelo trabalho, o homem se autroproduz, ao mesmo tempo em que produz sua própria cultura.
È impossível pensar em umanatureza humana com características universais e eternas, uma condição humana, resulta do conjunto das relações sócias, mutáveis no tempo.
Educação e ideologia
Os homens criam padrões de comportamento, instituições e saberes, que podem ser assimilados e modificados.
E a educação que mantém viva a memória de um povo e dá condições de sobrevivência, a educação é uma instância mediadora, possívela reciprocidade entre indivíduo e sociedade.
Nas sociedades tribais a cultura é transmitida de maneira informal, nas mais complexas ela assume um caráter intelectualista, as demais classes são destinadas a trabalho braçal, para elite formação superior para os trabalhadores o profissionalismo.
Para a sociedade funcionar é preciso que uns saibam e outros executem, uns mandem e outros obedecem.Essas condições nos advertem de que o fenômeno educacional não pode ser definido como neutro, a escola não é uma ilha, mas faz parte do mundo refletindo as disparidades e as lutas sócias. Ignorar esse fato é permitir que ela permaneça a serviço do status.
Questionando a educação
A educação como pratica, precisa estar em constante abertura para a teoria, porque é o vaivém entre o agir e o pensarque dinamiza a ação.
A filosofia da educação é a reflexão radical, rigorosa, e de conjunto a respeito dos problemas que a realidade educacional apresenta.
O filosofo investiga os conceitos subjacentes à ação educativa que sempre se encontram explicitados. A filosofia da educação é importante por denunciar as formas ideológicas que utilizam a educação como instrumento de poder.
Pedagogia,sociologia, economia, filosofia: impossível pensar nelas sem a contribuição de outra teoria, a história.
Reconstituindo o passado
O passado não estar morto porque nele se fundem as raízes do presente. E compreendendo o passado que podemos dar sentido ao presente.
A própria interpretação do passado sofre variações à medida que as experiências vão se diversificando. O homem reconstrói ahistória a partir do seu presente e a cada novo fato
A história da história
A história resulta da necessidade que o homem tem de reconstituir o passado, dessa forma, fazer história é recontar mitos.
Heródoto é conhecido como o Pai da história por se propor a relatar os fatos da forma mais objetiva possível. Reconstruir o passado, não é tarefa simples e mais importante do que saber o que o...
tracking img