A Imagem Como Meio De Comunica O

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2139 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de abril de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
A imagem como meio de comunicação: a representação simbólica de uma “realidade”
por Saulo Rondinelli Xavier da Silva*
 
Nesse artigo, faremos uma breve análise sobre a imagem material, especificamente, a imagem fotográfica do cartão-postal. Através de um referencial teórico específico onde o principal foco extraído foi, justamente, a limitação da imagem fotográfica em transmitir uma realidade,visto que a fotografia é passível de influências, o que a confirma como documento. Nota-se que a imagem material é vulnerável à intervenção humana desde a sua criação (quando se registra sob forma material um fragmento do espaço) até a sua repercussão (disseminação de ideias e impressões), que vai depender do primeiro. Assim, buscamos investigar sobre a utilização de imagens fotográficas naatividade turística, compreendendo a sua influência como elemento motivador e determinante para a sua realização.
Ao realizar uma observação do espaço, o fotógrafo, muitas vezes, faz uma percepção acrítica e apreende um fragmento da paisagem para ser registrado de forma material. Embora realize uma tarefa inerente ao geógrafo, a crítica só vai existir quando o usuário da imagem interpretá-la de acordocom os seus anseios. Entretanto, existe uma crítica na produção de uma imagem fotográfica quando o seu criador – o fotógrafo – tem certa postura radical com a realidade onde vive, por exemplo, e tem a intenção de captar uma determinada realidade que expresse essa sua postura.
Na atualidade, com a proliferação de imagens fotográficas materiais e virtuais que veiculam a cena urbana, como oscartões-postais e outras fotografias de cidades, com o crescimento da atividade turística, e com uma população que passa a exercer cada vez mais o Turismo Cultural, essas imagens passam a ser frequentemente utilizadas, “se padronizam cada vez mais e se resumem à representação quase exclusiva de monumentos” (MONDENARD, 1999: 108).
Pode-se perceber, então, que antes mesmo da mensagem chegar a um usuário,quando a imagem é produzida pelo fotógrafo com o objetivo de expressar “valores” para servir como um cartão-postal, uma vista representativa da cidade, esta é idealizada com os interesses de elites e do Estado visando a construção de uma imagem “oficial” que, assim como outros documentos, é plena de ambiguidades, portadora de significados implícitos e de omissões calculadas que aguardam uma decifração(SILVA, 2003: 17).
Segundo Junior in Vasquez (2002: 17-19), o cartão-postal serve como um suporte para a imortalização da memória cultural, e também pode ser entendido como um elemento do processo de mundialização[1] – por ser um veículo de mensagens que as propaga por todas as “latitudes”, colaborando também para o dinamismo da indústria gráfica, que, logo transformou o produto – o cartão-postal– num objeto de coleção e, por transmitir informações (elementos geográficos, históricos e sociais) pode ser considerado, ele próprio, um Patrimônio Cultural.
Nesse caso, podemos definir como Patrimônio Cultural o amplo conjunto de produções ou manifestações, individuais ou coletivas, que expressam as crenças, costumes, tradições e conhecimentos de um determinado grupo social. Desse modo, “devemosincluir sob o termo Patrimônio Cultural não só os monumentos arquitetônicos de cunho histórico, mas, também, todas as representações e produções culturais produzidas pelo homem”. Aqui, o cartão-postal apresenta as duas funções, podendo ser e ao mesmo tempo representar um patrimônio (PELLEGRINI FILHO, 1997).
Dessa forma, o cartão-postal proporciona ao receptor, quem o coleciona ou quem simplesmenteo analisa como usuário, uma compreensão e um reconhecimento. Informações podem ser suficientemente fornecidas acerca do que é retratado numa fotografia por sua própria imagem. Por exemplo, as características e os fatores típicos e/ou determinantes de uma ruela ser estreita e sinuosa nos faz inferir sobre a época de seu registro fotográfico, logo, podemos relacionar com o período manufatureiro...
tracking img