A gastroplastia em manga (sleeve gastrectomy) cura o diabetes mellitus?

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1757 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
A Gastroplastia em Manga (Sleeve Gastrectomy) cura o Diabetes Mellitus?
Adriani, C.A¹; Neves, T. T².

1. Cirurgião Geral; membro do serviço de Serviço de Cirurgia Geral Hospital Regional de São José / HMG; TCBC
2. Médica Residente do Serviço de Cirurgia geral do Hospital Regional de São José / HMG

INTRODUÇÃO

O Diabetes Mellitus (T2DM) tem alta prevalência nos pacientesobesos mórbidos, com conseqüências bastante graves para essa população. Já foi demonstrado em diversas pesquisas científicas que as Gastroplastia com desvio do trânsito alimentar do duodeno cursam com melhora e até cura do Diabetes Mellitus, antes mesmo que haja um emagrecimento substancial dos pacientes operados. A Gastroplastia Vertical com derivação jejuno-ileal é conhecida com uma cirurgiamista com predominância do componente restritivo sobre o disabsortivo. Nesta modalidade, reversão do T2DM deve-se ao aumento da sensibilidade à insulina associado a uma melhora da função da célula beta.
O primeiro trabalho a enfocar a prevenção do diabetes foi realizado por Long e cols. Os autores observaram um risco relativo do desenvolvimento do diabetes 30 vezes menor em obesosmórbidos operados em comparação com os não operados¹. Sendo que uma das primeiras grandes séries de cirurgias em diabéticos é o estudo de Greenville (EUA), no qual 165 pacientes diabéticos foram operados pelo bypass gástrico e 83% dos pacientes permaneceram em remissão do diabetes em 14 anos de follow-up². Um grande prospectivo em andamento é o SOS (Swedish Obesity Subjects), que compara um grupo depacientes operados com um grupo não operado.



PACIENTES E MÉTODOS

Foram avaliados prospectivamente os pacientes submetidos à Gastroplastia em manga no Hospital Regional de São José no período de janeiro de 2008 a novembro de 2008 que apresentavam diagnóstico prévio de Diabetes Mellitus ou intolerância à glicose, os dados foram colhidos nas consultas quinzenais de rotina após a cirurgia, noambulatório geral deste hospital, tendo sido acompanhados nos três primeiros meses após a cirurgia quanto à necessidade ou não de medicamentos para o controle da glicemia. Utilizando para isso a dosagem de glicose no sangue, este exame os pacientes diabéticos já fazem de rotina para controle dos seus níveis glicêmicos; então os pacientes trazem para a consulta ambulatorial a dosagem da glicemiaque foi solicitada na consulta anterior como já é de rotina mesmo antes do início deste trabalho.
Os resultados das glicemias dos pacientes foram anotados em uma folha em formato de tabela em que continha o número de registro do paciente, sexo, idade, data em que foi realizada a cirurgia e o valor da glicemia que consta no exame trazido pelo paciente para que este exame da sua glicemia permaneçacom o próprio paciente afim de que outros médicos que acompanham o seu tratamento da T2DM possam ter acesso ao resultado sem que isso gere custo adicional ao Sistema de Saúde. No final do trabalho todos os valores glicêmicos foram agrupados em tabelas para a conclusão final. Como a perda de peso neste período ainda não é suficiente por si só para justificar uma possível melhora das glicemias esteperíodo foi considerado o mais importante, sendo esse focado neste trabalho.
Critérios de Inclusão: Pacientes operados no HRSJHMG pela técnica de Gastroplastia em Manga com Índice de Massa Corporal maior ou igual a 40 ou 35 kg/m² com comorbidade que eram portadores de Diabetes Mellitus ou intolerância à glicose, e que aceitem participar da pesquisa.
Critérios de Exclusão: Pacientes que foramoperados por outra técnica que não seja a Gastroplastia em Manga ou que não apresentavam hiperglicemia nos exames pré-operatórios. Número da amostra: 15 pacientes.

REVISÃO BIBLIOGRÁFICA

A prevalência da Obesidade Mórbida continua aumentando rapidamente no mundo. A obesidade está fortemente relacionada com o Diabetes Mellitus (DM) o que torna um problema de saúde pública.
Nos EUA a...
tracking img