Viradas linguisticas e cultural

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6831 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
MANSKE, George Saliba. Em tempos de incerteza o pesquisar é preciso? Revista Interdisciplinar Científica Aplicada, Blumenau, v.1, n.1, p.01-19, Sem I. 2007 ISSN 1980-7031

EM TEMPOS DE INCERTEZA O PESQUISAR É PRECISO? George Saliba Manske1

RESUMO Algumas considerações são os pontos de partida sobre o fato de que vivenciamos na atualidade uma crise das verdades absolutas desenvolvemos algumasreflexões sobre possibilidades de construção de pesquisas que se inserem neste paradigma contemporâneo. Para isso, discutimos num primeiro momento, o marco teórico que privilegia a compreensão de investigações alicerçadas em tal condição. Na seqüência apresentamos as maneiras pelas quais inserido neste paradigma de dúvidas e incertezas que delineiam as produções que realizamos os modos pelosquais desenvolvemos a construção do objeto de estudo durante a pesquisa no curso de mestrado. Palavras-chave: Pesquisar . Conhecimento. Estudo. Pós-estruturalismo. Culturas. 1 INTRODUÇÃO

É recorrente, na atualidade, falar numa crise do pensamento. Esta crise é abordada como tema no ciclo de conferências promovido pelo Ministério da Cultura em parceria com instituições de ensino públicas e privadasdo Rio Grande do Sul, durante o mês de maio de 2006 na cidade de Porto Alegre, tem como título a atual situação da “Cultura e do pensamento em tempos de incerteza”. Dentre as questões a serem debatidas no referido evento destacam-se temas referentes à crise dos ideais universais, ao ceticismo brasileiro diante de sua vida política, o fanatismo religioso em algumas regiões do mundo entre outrosaspectos que tangenciam as dúvidas e transformações daquilo que se acreditava ser estável em nosso mundo moderno. Embora tenha conhecimento que inúmeros autores propunham que tal crise é um momento de fissuras e rupturas com as metanarrativas da modernidade, o qual nos endereça para as inerentes incertezas e contingências que compõem nossas verdades e mundos, não pretendemos, neste texto, discutir astransformações de pensamento que apontam para este ou aquele estado e momento histórico da humanidade.

Mestre em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Coordenador e docente do curso de Licenciatura em Educação Física do IBES - Instituto Blumenauense de Ensino Superior. (george@unibes.edu.br).

1

MANSKE, George Saliba. Em tempos de incerteza o pesquisar épreciso? Revista Interdisciplinar Científica Aplicada, Blumenau, v.1, n.1, p.01-19, Sem I. 2007 ISSN 1980-7031

O que me interessa pensar a partir desta chamada crise do pensamento e de uma quase celebração da contingência é o fato de que tais acontecimentos perpassam – e não podia ser diferente – os diferentes campos de produção de saberes, e mais detidamente, os modos como se vêm desenvolvendo essasproduções, tal como as pesquisas e investigações que realizamos nos âmbitos das universidades e outras instituições de ensino. É inserido nesta condição cultural de dúvidas e incertezas que venho discutir alguns dos modos pelos quais desenvolvi uma investigação (MANSKE, 2006), a fim de tornar tais processos investigativos como parte integrante deste emaranhado de produções contemporâneasinseridas numa crise do pensamento. Para tal me detenho, principalmente, nas maneiras pelas quais construí o objeto de estudo de minha pesquisa, assim como, nos modos pelos quais acabei por torná-lo um problema a ser investigado e analisado. Cabe ressaltar, para um melhor acompanhamento do leitor que meu estudo foi realizado na Associação Cristã de Moços2 (ACM) de Porto Alegre. A ACM é uma instituiçãocentenária na referida cidade e possui mais de 150 anos de existência desde sua institucionalização em Londres, Inglaterra, no ano de 1844. Durante este estudo alguns temas tornaram-se centrais, constituindo, desde a construção do objeto até as análises e considerações realizadas, a base na qual desenvolvi a investigação. São eles: juventudes, produção de lideranças juvenis e voluntariado social....
tracking img