Vidrarias

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 261 (65207 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SENAI – CFP “ALVIMAR CARNEIRO DE REZENDE”

CURSO TÉCNICO MECÂNICO
Manutenção Industrial

SENAI-CFP “Alvimar Carneiro de Rezende” Via Sócrates Marianni Bittencourt, 711 – CINCO CONTAGEM – MG – Cep. 32010-010 Tel. 31-3352-2384 – E-mail: cfp-acr@fiemg.com.br

Manutenção Industrial

Presidente da FIEMG Robson Braga de Andrade Gestor do SENAI Petrônio Machado Zica Diretor Regional do SENAI eSuperintendente de Conhecimento e Tecnologia Alexandre Magno Leão dos Santos Gerente de Educação e Tecnologia Edmar Fernando de Alcântara

Autores Abilio José Weber Dario do Amaral Filho João Pedro Alexandria Jr. José Antônio Peixoto Cunha Pedro Araujo Texto Dario do Amaral Filho Colaboradores Augusto Lima de Albuquerque Neto Célio Renato Bueno Ruiz José Luiz Gonçalves José Saturnino PeopkeUnidade Operacional Centro de Formação Profissional “Alvimar Carneiro de Rezende”

1° EDIÇÃO/2008

TÉCNICO MECÂNICO

A UA U L A L A

1

Introdução à manutenção
om a globalização da economia, a busca da qualidade total em serviços, produtos e gerenciamento ambiental passou a ser a meta de todas as empresas. – O que a manutenção tem a ver com a qualidade total? Disponibilidade demáquina, aumento da competitividade, aumento da lucratividade, satisfação dos clientes, produtos com defeito zero... – Não entendi! Vamos comparar. Imagine que eu seja um fabricante de rolamentos e que tenha concorrentes no mercado. Pois bem, para que eu venha a manter meus clientes e conquistar outros, precisarei tirar o máximo rendimento de minhas máquinas para oferecer rolamentos com defeito zero epreço competitivo. Deverei, também, estabelecer um rigoroso cronograma de fabricação e de entrega de meus rolamentos. Imagine você que eu não faça manutenção de minhas máquinas... – Estou começando a compreender. Se eu não tiver um bom programa de manutenção, os prejuízos serão inevitáveis, pois máquinas com defeitos ou quebradas causarão: · · · · · · · diminuição ou interrupção da produção; atrasosnas entregas; perdas financeiras; aumento dos custos; rolamentos com possibilidades de apresentar defeitos de fabricação; insatisfação dos clientes; perda de mercado.

C

Para evitar o colapso de minha empresa devo, obrigatoriamente, definir um programa de manutenção com métodos preventivos a fim de obter rolamentos nas quantidades previamente estabelecidas e com qualidade Também devoqualidade. incluir, no programa, as ferramentas a serem utilizadas e a previsão da vida útil de cada elemento das máquinas. Todos esses aspectos mostram a importância que se deve dar à manutenção.

3

Um breve histórico
A manutenção, embora despercebida, sempre existiu, mesmo nas épocas mais remotas. Começou a ser conhecida com o nome de manutenção por volta do século XVI na Europa central,juntamente com o surgimento do relógio mecânico, quando surgiram os primeiros técnicos em montagem e assistência. Tomou corpo ao longo da Revolução Industrial e firmou-se, como necessidade absoluta, na Segunda Guerra Mundial. No princípio da reconstrução pósguerra, Inglaterra, Alemanha, Itália e principalmente o Japão alicerçaram seu desempenho industrial nas bases da engenharia e manutenção. Nos últimosanos, com a intensa concorrência, os prazos de entrega dos produtos passaram a ser relevantes para todas as empresas. Com isso, surgiu a motivação para se prevenir contra as falhas de máquinas e equipamentos. Essa motivação deu origem à manutenção preventiva. Em suma, nos últimos vinte anos é que tem havido preocupação de técnicos e empresários para o desenvolvimento de técnicas específicas paramelhorar o complexo sistema Homem/Máquina/Serviço Homem/Máquina/Serviço.

A U L A

1

Conceito e objetivos
Podemos entender manutenção como o conjunto de cuidados técnicos indispensáveis ao funcionamento regular e permanente de máquinas, equipamentos, ferramentas e instalações. Esses cuidados envolvem a conservação a conservação, adequação, restauração, prevenção. adequação a restauração...
tracking img