Vidas secas resumo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1251 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Vidas Secas
1. Graciliano Ramos funde à narração dos fatos, a análise psicológica dos personagens, expondo seu universo mental.
2. A construção do romance, que utiliza a técnica de 'cenas' diversas, permite a leitura independente dos capítulos. Diversos episódios do romance foram publicados como contos, e só depois reunidos em uma só obra.
3. A solidão a que ficam expostos os personagens,incapazes de comunicar-se.
4. O pessimismo expresso na visão de mundo do autor.
5. O estilo econômico, de frases curtas, pontuação precisa, inexistência de diálogos, parcimônia no uso de adjetivos e períodos curtos caracterizam a secura da linguagem adotada pelo autor.
6. O processo de animalização por que passa o sertanejo, identificado com os animais, tem um contraponto no processo dehumanização da cadela Baleia, solidária, que divide a caça com a família.
São 13 capítulos, a ver:
1º MUDANÇA
Em uma longa trajetória pelo sertão castigado pela seca, Fabiano, Sinhá Vitória, a cachorra Baleia, e os dois filhos do casal, o mais novo e o mais velho, passam por diversas privações. Em um dado momento, o menino mais velho deita-se, cansado, e nega-se a continuar a caminhada: 'pelo espíritoatribulado de Fabiano passa a ideia de abandonar o filho', mas ele decide carregá-lo.
'Ainda na véspera eram seis viventes', mas como a fome apertasse, Sinhá Vitória decidira sacrificar o papagaio para dar de comer à família.
Chegando ao pátio de uma fazenda abandonada, Fabiano procura sinal de vida sem sucesso, e decide hospedar aí a família, enquanto Baleia caça um preá que entrega a Sinhá Vitóriaque prepara e divide entre os seus.
2º FABIANO
Perseguindo uma novilha, o sertanejo acompanhado pelos filhos e por Baleia, pensa em como se arrumara. Chegara à fazenda em uma situação miserável e agora via as coisas melhorarem, os meninos engordando, teriam educação. 'Você é um homem, Fabiano', exclama o vaqueiro falando consigo.
Mas após um momento, reflete melhor, e conclui que não passa deum 'cabra ocupado em guardar as coisas dos outros'. Apesar de expulso da fazenda pelo patrão, fizera-se desentendido, e conseguira ficar. 'Você é um bicho, Fabiano'.
Acostumara-se à vida entre os animais. Montado, ele o cavalo pareciam um só ser.
Sua linguagem, repleta de interjeições guturais, era entendida pelos bichos, mas o distanciava dos homens. Muito diferente de seu Tomás da Bolandeira,homem culto, terno. Mas de que lhe adiantara tanta cultura? Sofrera mais que todas as agruras da seca. Era preciso que os meninos também endurecessem, que se tornassem brutos para enfrentar homens ruins como o patrão branco, que tanto o maltratava.
3º CADEIA
Na feira da cidade, onde fora buscar mantimentos, Fabiano bebe algumas doses de cachaça, e 'resolvido a conversar', é interpelado por umsoldado amarelo que o convida à mesa de jogo. Como este fosse a autoridade, Fabiano o segue e perde, saindo da mesa indignado. O soldado vai no seu encalço e o provoca, até que o sertanejo perca a paciência e xingue a mãe do soldado. Preso, passa a noite no xadrez, onde é surrado.
4º SINHÁ VITÓRIA
Preparando o fogo dentro da camarinha escura da fazenda, a esposa de Fabiano dá um pontapé em Baleia,que se afasta. Acordara de mau humor. Reclamara de novo da cama de varas sobre a qual dormiam. Precisavam de uma cama de couro, como a de seu Tomás da Bolandeira, aí sim, dormiriam feito gente. Mas por mais cortes que tentassem nas despesas, a cama parecia um sonho distante.
5º O MENINO MAIS NOVO
Vendo o pai botando os arreios na égua, o menino mais novo pensa fazer algo notável. Ao notar obode velho no chiqueiro tenta montá-lo, mas é derrubado. Humilhado, pensa que há de crescer, andar de facão na bainha e fumar cigarros de palha como o pai.
6º O MENINO MAIS VELHO
Sem saber o significado da palavra inferno, o menino mais velho pergunta à mãe, que responde com evasivas, até que, incomodada, bate no menino.
Saindo, encontra Baleia e tenta contar-lhe uma história, mas faltam-lhe...
tracking img