VALORES HUMANOS

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (302 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de maio de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
VALORES HUMANOS
 
 
Os valores humanos são fundamentos morais e espirituais da consciência humana. Todos os seres humanos podem e devem tomar conhecimento dos valores a eles inerentes. Muito dascausas que afligem a humanidade está na negação destes valores como suporte e inspiração para o desenvolvimento integral do potencial individual e consequentemente do social.
 
A vivência dosvalores alicerça o caráter, e reflete-se na conduta como uma conquista espiritual da personalidade.
 
Para um profissional conduzir com sucesso a sua vida, tem de percorrer lado a lado com os seusvalores humanos, a sua escalada e a sua trajetória por este mundo.
 
Entendo que os principais sejam : honestidade, verdade, justiça, ética, disciplina, integridade, paz (auto-estima, autocontrole,autoconfiança, auto-aceitação e desapego) e amor.
 
Ter as dimensões da saúde respeitadas e harmonizadas, passa a ser o grande aliado dos valores humanos de cada um. Saúde mental, espiritual,emocional, física e financeira equilibradas e integradas sem atropelo.
 
Vamos pensar um pouco nisso, quando falarmos de empregabilidade, por exemplo, antes de sair correndo atrás de idiomas,tecnologia ou outras formas de preparo profissional. Devemos pensar por inteiro, pensarmos como amigo, como mentor e como cidadão. A responsabilidade de lembrar de nós é somente nossa, e de ninguémmais.

Há também valores que fazem prevalecer a cultura de consumo, associado ao TER e valores humanos que envolvem as necessidades do SER. Ambas importantes, desde que integradas.
De que modoarticular estes dois universos e viabilizarmos na prática a construção de uma vida com qualidade de fato. Trazer da esfera subjetiva que é o SER, para uma estrutura objetiva, portanto concreta, que sematerialize e justifique a função existente da transição TER e SER. De algum modo é preciso tornar esta questão uma necessidade de modo a criar uma mobilização natural da vida de uma pessoa.