Vainas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 27 (6681 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO
O organismo humano possui um complexo sistema de proteção contra as doenças infecciosas, denominado sistema imunológico. Quando entramos em contato com vírus ou bactérias, esse micro organismos pode ser impedido de invadir nosso corpo através das defesas naturais, como pele íntegra, batimento dos cílios nasais, presença de substâncias protetoras nas secreções das mucosas do tratorespiratório e gastrointestinal. Em outras situações, os agentes infecciosos superam essas barreiras, multiplicam-se no organismo, causando infecção, que pode ser ou não acompanhada de manifestações clínicas de doença.
Quando existe infecção, nosso sistema imunológico é ativado e passa a produzir "armas" que irão combater o agente agressor até que ocorra a cura; as "armas" de combate às infeções sãocélulas (linfócitos) e substâncias proteicas (anticorpos) capazes de impedir a multiplicação de micro organismos e de evitar sua ação deletéria no corpo humano.
Diversas doenças só ocorrem uma vez, devido à capacidade de memória do sistema imunológico que, num segundo contato com o agente infeccioso, é capaz de reconhecê-lo e de produzir células especializadas no combate àquela infecçãoespecífica e altos títulos (grande quantidade de anticorpos) de anticorpos, que impedem a multiplicação e disseminação de agentes infecciosos e inativam vírus e bactérias ou substâncias tóxicas (toxinas) por eles produzidas. Vacinas são produtos farmacêuticos que contêm microrganismos vivos de baixa virulência (vírus ou bactérias atenuadas), microrganismos mortos ou substâncias de origem microbiana, que sãoadministrados no homem ou em animais, com fim preventivo, paliativo ou curativo. As vacinas foram desenvolvidas na tentativa de imitar a natureza, conferindo imunidade de forma artificial, obtendo-se a reposta imunológica sem que o indivíduo adoeça.
A primeira tentativa de imunização contra doenças infecta- contagiosas foi feita por uma monja budista, no século XI, que, após observar que algumaspessoas tinham formas leves de varíola, passou a preconizar inoculação de crostas de indivíduos que tinham tido varíola leve, na narina de pessoas que não tinham tido a doença, na tentativa de protegê-las. Essa estratégia, conhecida como "variação", infelizmente, nem sempre surtia os efeitos desejados, pois era feita de forma totalmente empírica, e muitos indivíduos acabavam morrendo de varíola,pois eram inoculados com o vírus selvagem. A era moderna das imunizações teve seu início em 1796, quando um médico inglês, Edward Jenner, conseguiu imunizar contra a varíola um menino de 8 anos de idade, inoculando em seu braço o material obtido das lesões do úbere de vacas com varíola.
As vacinas constituem um dos mais eficientes meios de prevenir as doenças infecciosas; através delasconseguiu-se erradicar a varíola, eliminar a paralisa infantil (poliomielite) das Américas e, ainda, diminuir drasticamente a incidência de outras doenças graves como difteria, tétano, coqueluche e sarampo.
A vacina BCG além de ser contraindicada para o imundo deficiente, ela não deve ser administrada em crianças com peso inferior a 2 kg, pois elas apresentam maior índice de complicações locais. Essavacina também é contraindicada quando a criança apresenta lesões ativas extensas na pele. Nessas situações, existe o risco da bactéria contida na vacina infectar as lesões de pele.
A vacina Sabin é contraindicada para imunes eficientes e comunicantes domiciliares (pessoas que residem na mesma casa) de imune eficientes,pois a criança excreta o vírus vacinal por um período de até 30 dias. Em indivíduoscom AIDS (doentes ou portadores) dá-se preferência à vacina inativada, embora a OMS não contraindique a vacina Sabin. A vacina DPT é composta de uma bactéria morta (B. pertussis) e dois toxidez (tetânico/ diftérico). O componente pertussis, por se tratar de uma célula inteira, é o que causa mais efeitos adversos, tais como febre, dor, irritabilidade e, em raros casos, eventos neurológicos, como...
tracking img