Uso de psoralenos aliado a fototerapia no tratamento de psoríase vulgar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1304 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE GAMA FILHO
PRÓ-REITORIA ACADÊMICA
CURSO DE FARMÁCIA












USO DE PSORALENOS ALIADOS A FOTOTERAPIA NO TRATAMENTO DA PSORÍASE VULGAR






















Rio de Janeiro

2012












USO DE PSORALENOS ALIADOS A FOTOTERAPIA NO TRATAMENTO DA PSORÍASE VULGARTrabalho de Conclusão de Curso apresentado à
Coordenação Pedagógica do Curso de
Farmácia
como requisito parcial para a obtenção na nota de A2
Professor orientador
Luciana.


























RIO DEJANEIRO

2012


Sumário

Introdução 4
Objetivo 5
Justificativa 5
Desenvolvimento 5
Tratamento 6
Conclusão 7
Referencia bibliográfica....................................................................................................8



































INTRODUÇÃO

A psoríase (do grego=erupção sarnenta) já era conhecida desde ostempos mais remotos existindo sua descrição e tratamento no Papiro de Ebers datado de 1550 a. C. Por mais de mil anos foi confundida com a lepra (hanseníase) e somente no século XVIII foi diferenciada (Centro Brasileiro de Psoríase-CBP/2007).
No século XIX acreditava-se que a psoríase era um processo de regulação anormal do crescimento dos queratinócitos ou de origem inflamatória, mas issomudou em 1970, quando desenvolvimentos na imunologia celular indicavam uma partição das células sanguíneas na psoríase.
A partir de 1982 outras investigações mostraram a presença e importante função das células T nas lesões de psoríase. Assim, a doença passou a ser vista como uma desordem imune baseado em detecções imuno-histológicas de anticorpos depositados na placa da córnea da pelepsoriática.
Hoje, acredita-se que a psoríase tem fatores multipatogênicos ainda não definidamente estabelecidos. Estudos mostram que estes fatores provavelmente envolvam SNC e sistema imune.
Acompanhado a evolução da humanidade houve também a evolução da doença, surgindo vários tipos de psoríase e com isso, novos tratamentos. Hoje a mais comum é a psoríase vulgar ou em placas. Algunstratamentos antigos baseados no uso de ervas medicinais foram aliados a novas tecnologias, como é o caso da PUVA-terapia.
























OBJETIVO
Demonstrar que a PUVA-terapia é o melhor opção de tratamento para psoríase e também o mais eficaz.

JUSTIFICATIVA

Apesar de não ser um tratamento 100% seguro devido à exposição à radiação, quandocomparado a outros tratamentos como os corticoides, a PUVA terapia é o mais eficaz, pois quando o paciente suspende o tratamento não corre o risco de recidivas que causam crises mais severas, o que ocorre com os corticoides.

DESENVOLVIMENTO
A psoríase é uma doença incurável de aspectos multipatogênicos não definidamente estabelecidos. A história e a literatura trazem registros de diferentespersonagens submetidos a grandes traumas ou grandes paixões que as refletem em saúde física. Pesquisas recentes vêm confirmando essa correlação entre o sistema imune e o SNC, no entanto, sem conseguir determinar se essa correlação ocorre no desencadeamento da doença, evolução ou ambos.
A função normal da pele é proteger o corpo. As células epiteliais são programadas para o crescimento com oobjetivo de renovar a pele de forma contínua, lenta e invisível. Esse ciclo de renovação leva aproximadamente um mês, do nascimento à morte das células. Na pele lesionada é desencadeado um processo chamado maturação regenerativa, onde as células são produzidas numa taxa mais alta, ocorrendo aumento da irrigação sanguínea e inflamação do local. Na psoríase a regeneração da pele está alterada. Os...
tracking img