Uso de drogas e sexualidade em tempos de aids e redução de danos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 29 (7043 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Uso de drogas e sexualidade em tempos de AIDS e redução de danos
Uso de drogas e sexualidade em tempos de AIDS e redução de danos





Fernanda Delvalhas PiccoloI; Daniela Riva KnauthII

IDoutoranda,Universidade Federal do Rio de Janeiro – Brasil
IIUniversidade Federal do Rio Grande do Sul – Brasil--------------------------------------------------------------------------------

RESUMO

Este estudo, inserido no campo da antropologia do corpo e da saúde, analisa as práticas e representações sociais de usuários de drogas, no que diz respeito à AIDS, suas formas de infecção e prevenção, tanto em termos sexuais quanto do uso de drogas. A metodologia utilizada baseia-se em princípios etnográficos com técnicas de observação participante e entrevista oral. Apesquisa foi desenvolvida entre 1997 e 2000 e através da equipe de Redução de Danos; em um segundo momento reiniciei a pesquisa com os usuários de drogas e suas redes de relações sociais. Além disso, com a implementação dos Programas de Redução de Danos entre usuários de drogas injetáveis, apresento algumas implicações desses discursos e práticas preventivas entre as pessoas que usam drogas.Palavras-chave: sexualidade, AIDS, drogas.


--------------------------------------------------------------------------------

ABSTRACT

This study, within the field of Anthropology of the Body and Health, analyses the social representations and practices of drug users, with regards to AIDS, its forms of infection and prevention, both in sex and drug use. The methodology used is based onethnographic principles with oral interview and participant observation techniques. The research was carried out between 1997 and 2000 when, firstly, I joined a Damage Reduction team in their AIDS prevention activities and, afterwards, when I researched drug users and their social networks. Also, with the implementation of the Damage Reduction Programmes among injecting drug users, I present someimplications of these discourses and preventive practices among people who use drugs.

Key words: sexuality, AIDS, drugs.


--------------------------------------------------------------------------------





Estou vivendo com AIDS.
Um vírus me habita, um risco me ronda.
Dessas coisas devo falar.
Não por causa da doença.
Nem por causa da morte, da qual nunca
saberemos nada – e,portanto,
o único que resta a fazer é aprender a vivê-la!,
morte é aprender sumariamente.
Estou compelido a falar, assim sendo, daquilo que,
em saúde ou doença, me torna o plural de uma época,
ou seja, a dita condição humana.
Afinal, a questão é sempre a vida.
No oposto do seu biológico.

Herbert Daniel



Em nossa sociedade, a questão das substâncias psicoativas, principalmenteas drogas consideradas ilícitas, se construiu como um problema social complexo, composto de fenômenos igualmente complexos e por agentes diversos, com posições, muitas vezes, contraditórias sobre o tema. Assim, além do uso de drogas estar relacionado a fenômenos como a violência e a criminalidade, a epidemia de AIDS veio somar-se à atual configuração em que se encontram as substâncias psicoativascomo problema social.

Quanto à AIDS, em um primeiro momento pode-se dizer que é uma doença que vem atingindo um número crescente de pessoas em todos os níveis da nossa sociedade, independente de sexo, etnia, idade ou classe social.

Através de dados epidemiológicos, constata-se que os usuários de drogas estão em segundo lugar na categoria de exposição ao vírus HIV entre 1998-1999 (Brasil,1999). Além disso, o aumento dos casos entre mulheres heterossexuais de parceiro único está relacionado com o fato desse ser usuário de drogas injetáveis (Brito, 1997; Loureiro, 1997). Devemos atentar também para a ocorrência da pauperização da epidemia de AIDS, que vem atingindo, em números cada vez maiores, mulheres, crianças, pobres e usuários de drogas injetáveis (Knauth et al., 1998; Víctora;...
tracking img