Unopar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1966 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sistema de Ensino Presencial Conectado
graduação em SERVIÇO SOCIal

MARIA DAS DORES SILVA DO NASCIMENTO SANTOS

O USO DO CRACK: UM PROBLEMA SOCIAL RESTRITO ÁS METRÓPOLES?

em

SANTA LUZ
2012

MARIA DAS DORES SILVA DO NASCIMENTO SANTOS

O USO DO CRACK: UM PROBLEMA SOCIAL RESTRITO ÁS METRÓPOLES?

Trabalho apresentado às disciplinas de Psicologia Geral, Antropologia, FormaçãoSocial, Políticas Econômica do Brasil, FHTM do Serviço Social I. A Universidade Norte do Paraná - UNOPAR, como requisito parcial para a obtenção do título de Graduação em Serviço Social.

Orientadores (as): Lisnéia Rampazzo, Giane Albiazzetti, Gleiton Lima e Rosane Malvezzi.
SANTA LUZ
2012

SUMÁRIO
1. RESUMO 4

2. INTRODUÇÃO 5

3. DESENVOLVIMENTO 6

4. CONCLUSÃO 10

5.REFERÊNCIAS 11

1. RESUMO
O objetivo deste trabalho é passar informações da representação social do uso do crack na sociedade Brasileira, e qual a contribuição do assistente social para o atendimento a população, pela a mesma ter o poder de buscar os problemas articulando e associando as causas sociais da população em defesa de uma sociedade mais justa, igualitária com direito e proteçãosocial.
Além de apresentar o trabalho do assistente social também é interessante divulgar fatores históricos que contribuíram e contribuem para o surgimento das favelas como a urbanização com a chegada da Família Real e as Reformas de Pereira Passos.
È bom salientar o quanto a família é importante na vida de um usuário de crack, principalmente quando o mesmo já se tornou um dependente químico.4

2. INTRODUÇÃO
O objetivo deste trabalho é passar informações da representação social do uso do crack na sociedade Brasileira, e qual a contribuição do assistente social para o atendimento a população, pela a mesma ter o poder de buscar os problemas articulando e associando as causas sócias da população em defesa de uma sociedade mais justa, igualitária com direito e proteção social.Além de apresentar o trabalho do assistente social também é interessante divulgar fatores históricos que contribuíram e contribuem para o surgimento das favelas como a urbanização com a chegada da Família Real e as Reformas de Pereira Passos.
O crack é uma droga psicoativa presente na sociedade do nosso País, mas inicialmente se disseminou no Estado de São Paulo na década de 1990, por seruma droga de custo mais baixo do que o cloridrato de coca, a cocaína refinada (em pó) o uso aumenta cada vez mais. Para produzir o crack, os traficantes utilizam menos produtos químicos para fabricação, o que a torna mais barata. Mesmo a mídia mostrando o crack como um problema das grandes metrópoles restrito as cracolândias, essa droga se espalhou para outros contextos territoriais do Brasil,atualmente nas pequenas cidades também tem grandes registros do uso, porém, essa representação social é vista como um problema dos grandes centros urbanos.
Os usuários de crack inicialmente recorrem a droga, buscando adrenalina e emoções que façam os mesmos esquecerem dos problemas do cotidiano, porém, com o passar do tempo tornam-se viciados e não conseguem mais se libertar do vicio. O cracktornou-se um problema social grave para a sociedade brasileira, a representação desta droga para o contexto social é visto de forma negativa, a sociedade enxergam os usuários de crack como marginais violentos, sem levar em conta que os mesmos são seres humanos que precisam apenas de acompanhamento de profissionais sociais e oportunidades para conseguir se libertar da droga.5

3. DESENVOLVIMENTO
A situação em que se encontram as regiões brasileiras com relação ao uso indevido e abusivo de crack não é estarrecedora, inicialmente era usado nas classes mais baixas da sociedade, mas atualmente pode se dizer que é uma verdadeira epidemia de consumo nos País atingindo cidades grandes, médias e pequenas. Informações efetivamente que aponta recente pesquisa da...
tracking img