Unifac

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2076 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
| |Universidade Federal de Alagoas | |
| |Unidade Acadêmica Centro de Tecnologia | |
| |Curso de Engenharia Química| |












Método UNIFAC





Acadêmicos:
Claudiane dos Santos Marinho
Ewerton Henrique de Souza
José Carlos M. Vieira
Marcos Antônio Costa Jr.
Nilson José A. de Albuquerque

Disciplina: Termodinâmica II
Prof. Dr.: Wagner O. Pimentel





Maceió
2010.

Sumário


1. Fundamentaçãoteórica...................................................... 03
2. Desenvolvimento Matemático........................................... 06
3. Aplicação............................................................................ 08
4. Conclusão........................................................................... 15
5. ReferênciasBibliográficas.................................................. 16




































1. Fundamentação teórica

O estudo do comportamento do equilíbrio de fases, com ou sem reações químicas simultâneas, é de fundamental importância na elaboração de um projeto e na análise de uma grande variedade de operações de processos químicos, incluindo reatores e unidades de separação. A velocidade com que estesprocessos ocorrem depende do grau de afastamento do equilíbrio que as fases envolvidas se encontram, tornando-se necessário conhecer as propriedades do sistema em questão.
De acordo com Poling (2004) a certa temperatura, a energia livre de Gibbs em excesso é função da composição do sistema, e em menor grau, da pressão, sendo que para pressões baixas e moderadas, a dependência da pressão pode serdesprezada. Assim, pode-se reestruturar a lei de Raoult inserindo um coeficiente de atividade, obtendo-se a lei de Raoult modificada. Quanto à pressão de vapor, existem várias correlações na literatura para o cálculo da mesma, como a equação de Antoine. Quando o sistema não se adequa à lei de Raoult, outros modelos são utilizados para se estimar o coeficiente de atividade para Lei de Raoultmodificada como Wilson, NRTL, UNIQUAC e UNIFAC.
O coeficiente de atividade dos componentes de um sistema é um fator de correção que é responsável por desvios de sistemas reais de uma solução ideal, que pode ser medido através de experiências ou estimados através de modelos químicos.
Na representação do coeficiente de atividade da fase líquida são adotados modelos que ficam em função da temperaturae composição do sistema. Esses modelos (Wilson, NRTL, UNIQUAC e UNIFAC) levam em conta a energia de interação entre as moléculas, expressa na forma de parâmetros binários, bem como a organização das mesmas na mistura.
O método UNIFAC publicado pela primeira vez em 1975 por Fredenslund, Jones e Prausnitz, supõe que a mistura líquida é uma solução das unidades estruturais (denominadas grupos esubgrupos) que constituem as moléculas em vez de considerá-las como uma mistura das próprias moléculas.
[pic]
Figura 1 - Mistura que consiste de subgrupos.

Desta maneira, as propriedades de uma mistura podem ser representadas pela soma das contribuições individuais de cada um dos grupos que compõem a mesma. A idéia é extremamente atrativa, pois com uma quantidade relativamente pequena de gruposé possível representar uma quantidade imensa de misturas. Logo, sempre que uma molécula particular possa ser decomposta em mais do que um conjunto de subgrupos, deve considerar-se o conjunto a que corresponda o menor número de subgrupos diferentes.
UNIFAC usa os grupos funcionais presentes nas moléculas que compõem a mistura líquida para calcular coeficientes de atividade. By utilising...
tracking img