Um modelo de inteligencia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2724 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de fevereiro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ALTA G E RÊN C I A

Um modelo de inteligência organizacional
A

A idéia de gerenciar o conhecimento está ultrapassada. A ordem agora é nutrir culturas de conhecimento. Por Karl Albrecht
“Era da Informação” deveria, na verdade, receber a denominação “Era do Conhecimento”. Há grande diferença entre os dois conceitos. Nas últimas duas décadas, os líderes empresariais foram confundidos edistraídos pela ênfase equivocada nos dados e nas informações e não conseguiram compreender o significado do conhecimento como força propulsora do sucesso organizacional. Não foi por falta de divulgação da idéia de conhecimento como a nova matéria-prima. O que houve foi a pequena evolução real da gestão no campo do pensamento para fazer frente aos novos desafios. Não é possível gerenciar com eficiência naTerceira Onda (Era do Conhecimento) com as formas de pensar típicas da Segunda Onda (Era da Industrialização). Esse atraso de paradigma lembra o que aconteceu quando as empresas viram-se diante da necessidade de se concentrar no valor para o cliente. Embora muitas tenham realizado a transição cultural com sucesso, o número de fracassos foi provavelmente bem maior. É fácil falar em mudanças deparadigmas; o difícil é implementá-las. Surge agora uma nova mudança de paradigma –e, com ela, outro atraso. O foco passa do trabalho com as coisas para o trabalho com o pensamento. Essa guinada será, no mínimo, tão difícil quanto a mudança anterior, embora mais recompensadora.

Sinopse

“Por sorte, a onda inicial do movimento de gestão do conhecimento (KM, na sigla em inglês, de knowledgemanagement) perdeu o fôlego rapidamente, à medida que as abordagens tecnomíopes fracassaram repetidas vezes.” Quem escreve isso é o famoso guru da administração Karl Albrecht. O problema, explica ele, é que gestão pressupõe impor algum tipo de ordem sobre o conhecimento –exatamente o que não se deve fazer. Segundo Albrecht, o que as empresas devem fazer é gerenciar as circunstâncias em que o conhecimentopode prosperar –ou seja, gerenciar as culturas de conhecimento. O especialista sugere, para tanto, que se substitua a idéia do conhecimento pela da inteligência organizacional, definida por ele como “a capacidade da empresa de mobilizar todo seu potencial intelectual disponível e concentrar tal capacidade na realização de sua missão”.
HSM Management 44 maio-junho 2004

O guru propõe começar pelaidentificação do gap de inteligência existente em cada empresa –é preciso ter consciência de que muitos profissionais tratados como trabalhadores do conhecimento são, na verdade, trabalhadores da informação, pois lidam com dados e informações como matéria-prima sem agregar valor significativo. Então, Albrecht apresenta seu modelo de inteligência organizacional, composto de sete dimensões-chave.Karl Albrecht, famoso guru da administração e da inteligência organizacional, tem vários livros publicados no Brasil, do mais recente O Poder das Mentes em Ação – Desenvolvimento e Gestão da Inteligência Organizacional (ed. Campus) a Revolução nos Serviços (ed. Pioneira) e Programando o Futuro (ed. Makron Books). Ele já contribuiu com diversos artigos para HSM Management, entre os quais Céu azul,terra vermelha, sobre estilos de liderança, publicados na revista número 40 (página 94).

ALTA G E RÊN C I A É preciso saber fazer na prática diferenciações antes consideradas acadêmicas, distinguindo dados de informações, conhecimento e sabedoria
Por que tudo começou errado
As tentativas iniciais de promover a gestão do conhecimento (ferramenta conhecida também como KM, sigla que vem do inglêsknowledge management) como uma aplicação da tecnologia da informação (TI) não decolaram. Isso se deu, em grande parte, porque as iniciativas estavam ancoradas em um modo de pensar da Segunda Onda. A idéia de que algo tão organicamente diverso e dinamicamente produtivo quanto o conhecimento humano possa ser gerenciado, no sentido comum da palavra, traz em seu bojo um erro fatal. Além de ser...
tracking img