Ui vai c fude

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1859 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Conferência Internacional – Fevereiro de 2009
SEPARADO PARA O EVANGELHO DE DEUS
Extrato da Mensagem 5 – Pronto para Pregar o Evangelho
Leitura Bíblica: Rm 1:13-15
I. O galardão:
A. Graças ao Senhor, temos mais uma conferência. Na última conferência recebemos uma palavra muito boa quanto à pregação do evangelho do reino. O resultado final da pregação do evangelho do reino está em Apocalipse11:15: “(...) o reino do mundo se tornou de nosso Senhor e do Seu Cristo, e Ele reinará pelos séculos dos séculos”. Hoje, no mundo há mais de 200 países. Mas um dia, todos esses reinos desaparecerão, e haverá um reino: o reino de nosso Senhor.
B. Naquele dia, dois grupos de pessoas serão julgados: 1) os gentios incrédulos, que não receberam o Senhor e não têm a vida de Deus - esses formam asnações que se enfureceram contra Deus, e serão julgados para condenação (Ap 11:18a); 2) os santos, os servos de Deus, julgados para receber galardão (Ap 11:18b). Receber o galardão no reino de Cristo é uma questão de negar a vida da alma, de permitir que a vida divina cresça em nós. O galardão é reinar com o Senhor Jesus (Ap 12:5). Esse é o objetivo final da bênção original de Deus para o homem, em Gn1:28.
C. A porção do galardão, no entanto, dependerá do quanto Deus cresceu em nossas vidas. Estamos, portanto, estudando o livro de Romanos, pois este é o verdadeiro evangelho. Nosso conceito natural é que o evangelho se restringe apenas ao conteúdo dos quatro evangelhos. Mas o Senhor apresentou um conteúdo maior, presente no livro de Romanos. Deus mesmo confiou essa porção a Paulo, paraanunciar o evangelho de Deus.
II. Entrar no reino:
A. O evangelho apresentado por Paulo não apresenta apenas a pessoa do Senhor em seu aspecto humano. Ele mostra que o Senhor é, por um lado, o descendente de Davi e, por outro, é o Filho de Deus com poder. Como O resultado desse evangelho é introduzir o homem no reino de Deus, o qual deve ser trazido do céus para a terra.
B. A vida da igreja é avida da realidade do reino dos céus. Não temos a manifestação física do reino dos céus, mas vivemos a sua realidade, buscando crescimento na vida de Deus. A vida de Cristo entrou em nós como uma semente, agora buscamos que Cristo seja totalmente formado em nós (1 Pe 1:23; Gl 4:19). Nesse período de gestação, fomos colocados na igreja, até ser Cristo gerado em nós. O crescimento da vida humana servecomo figura do crescimento da vida divina em nós.
C. A igreja é a assembléia de todos aqueles que foram chamados para fora do mundo. Para entrar na igreja é necessário ter a vida de Deus. Para tal, precisam receber o evangelho da graça, o evangelho de Jesus Cristo como Filho do homem e descendente de Davi (Rm 1:3). Esse evangelho da graça já chegou até nós. Para receber tudo o que foi anunciadonesse evangelho, bastou-nos crer.
D. O resultado de crer nesse evangelho foi o sermos iluminados. Ao ser iluminados, nos arrependemos e nossos pecados foram perdoados. Nossos pecados foram lavados e todas as manchas do pecado foram removidas. Assim, desfrutamos o Senhor Jesus, de maneira objetiva, como nossa justificação e santificação. E, sendo, assim, restaurados à condição original dacriação do homem, fomos trazidos de volta à presença de Deus: fomos reconciliados com Deus. Por fim, reconciliados com Deus, fomos habilitados a receber a vida divina e entrar no reino de Deus.
III. Habilitados para anunciar o evangelho:
A. Uma vez que recebemos essa vida, precisamos crescer e ser habilitados a anunciar a outros as boas novas que experimentamos. Há muitos à nossa volta caídos,perdidos no pecado. Precisamos tomar essa comissão: levar-lhes o evangelho da graça que já recebemos. Aqueles que têm a mesma necessidade que tínhamos antes, quando fomos alcançados, precisam receber esse evangelho.
B. Não deve haver restrição: judeus, bárbaros, sábios e ignorantes precisam receber o evangelho (Rm 1:14). Paulo tinha esse encargo. Em sua época, Paulo considerava Roma como os...
tracking img