Turismo rural

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6433 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de fevereiro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
l Universidade de Aveiro


A Situação do Turismo em Meio Rural Brasileiro.

Helane Pimenta

Aveiro, Junho de 2010.

Índice

Introdução 3
1. Definições 3
2 Contextualização Histórica 5
3. A situação do Turismo Rural Brasileiro 6
3.1 Procura e Oferta do Turismo em Meio Rural 84. Caso Prático 11
5. Considerações Finais 13
6. Referências Bibliográficas 14
Figura 1 17
Anexo II 18
Anexo III 19
Anexo IV 20
Anexo V 25

Introdução

O espaço rural brasileiro apresenta imensa variação quanto suas características. A estratégia administrativa voltada para o turismo no espaço rural requer como condição básica para sua sustentação, o estudo das potencialidadesdo meio no qual a propriedade está inserida. O turismo rural é visto como uma fonte de recursos para as propriedades agrícolas, através da adaptação de estruturas fundiárias para recepção de turistas, de forma a oferecer condições para que os mesmos desfrutem dos recursos naturais e inerentes à propriedade, que não são possíveis encontrar no meio urbano. Desta forma, visualiza-se uma nova opçãopara o incremento na renda, com percentual de valor agregado, devido principalmente a possibilidade de produzir e comercializar os produtos, sem intermediações, na própria fazenda. Desta forma, pode-se dizer que este sintoma de pluriactividade, revitaliza os negócios das propriedades agrícolas e fornece ao turista, que advém do meio urbano, principalmente, o contacto com o meio rural. Sendo assimgera-se a integração entre as experiências da cidade com as do campo.

1. Definições
Os conceitos de Turismo em Espaço Rural no Brasil são apresentados de formas “turva”, não existe consensualmente uma definição basilar para o turismo em espaço rural. Deve-se destacar, contudo, que no período recente, a definição do que se entende por este “espaço rural” vêm sofrendo alterações, não só pelocrescimento da importância das actividades não agrícolas, que minaram a identidade do rural com a actividade agrícola, mas também, pela associação crescente do meio rural com a qualidade de vida (Oliveira & Moura, 2003). Diante desta conjuntura carece ressaltar a relevância da insípida postura das políticas para o turismo rural. Entretanto, o (TER) não é considerado somente a visitação de pessoas emáreas rurais, e sim actividades de lazer, recreio, desporto entre outros, uma visão integradora das actividades desenvolvidas no espaço rural devido ampla aplicação e recursos do meio rural, o que implica mais ainda para chegar a uma definição, pois constantemente agrega-se actividades como nomenclaturas para o sector. Cairo, (2003), questiona [...] Afinal, como delimitar o significado do“Turismo Rural” frente à variedade de conceitos elencados pela doutrina?
O Minsitério da Agricultura, (1999 cit. por Ministério do Turismo, 2004.) numa perspectiva económica, considera o turismo rural como alternativa de aumento de emprego e renda em áreas rurais, de diversificação da demanda turística, de valorizar a pluralidade das regiões produtoras e de interiorizar essa actividade económica subjugadaa tempos pelo massivo turismo de Sol e Praia, predominante até então no país, define como “ um produto que supre a necessidade de clientes interessados na produção e no consumo de bens e serviços, no ambiente rural.”
Segundo Beni (2001, p.428) o turismo rural apresenta características próprias bem definidas, tendo suas origens em duas vertentes: a primeira é a vertente internacional, jáincorporada no Brasil, onde o desenvolvimento da oferta de serviços no meio rural surge como alternativa para o aumento da renda, agregação de valor à propriedade e fixação do homem ao campo. A segunda vertente está relacionada nomeadamente aos residentes das propriedades não produtivas com valor histórico-patrimonial, capazes de absorver uma demanda diferencial e inclui nesta vertente os modernos...
tracking img