Turbidez

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1204 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de novembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA

RELATÓRIO: TURBIDEZ


1. INTRODUÇÃO
A turbidez de uma amostra de água é o grau de atenuação de
intensidade que um feixe de luz sofre ao atravessá-la (esta redução dá-se por
absorção e espalhamento, uma vez que as partículas que provocam turbidez
nas águas são maiores que o comprimento de onda da luz branca), devido à
presença de sólidos em suspensão.(CETESB)
Vários fatores porem colaborar para a existência de turbidez, como
sedimentos, argila, algas e outros microrganismos, matéria orgânica e outras
partículas. Apesar da turbidez sozinha não ser necessariamente prejudicial e
não indicar contaminação da água, medidas de controle da turbidez são
importantes, uma vez que a água turva prejudica a ação de agentes
desinfetantes, como o cloro,suporta microrganismos patogênicos e causa má
aparência.
O tamanho das partículas em suspensão varia desde grosseiro ao
colóide, dependendo do grau de turbulência. A presença destas partículas
provoca a dispersão e a absorção da luz, deixando a água com aparência
nebulosa, esteticamente indesejável e potencialmente perigosa. (COLOMBO)
Alta turbidez reduz a fotossíntese de vegetação enraizadasubmersa e
algas. A turbidez pode influenciar nas comunidades biológicas aquáticas. Além
disso, afeta adversamente os usos doméstico, industrial e recreacional de uma
água. (CETESB)
Segundo a resolução n° 357 do CONAMA de 2005, que estabelece
condições e padrões de lançamento de efluentes, além de classificar os
corpos-de-água, define os valores de até 40 UT para a classe 1, que pode serdestinada entre outras coisas ao abastecimento para consumo humano com
desinfecção e até 100 UT para as classes 2 e 3, que se destinam a usos

menos exigentes ou para consumo humano com tratamentos convencionais ou
avançados.
A portaria n° 2914/11 do Ministério da Saúde estabeleceu os
procedimentos e responsabilidades relativos ao controle e vigilância da
qualidade da água para consumohumano e seu padrão de potabilidade. Ficam
definidos para turbidez valores específicos para a potabilidade das águas, que
devem ser de no máximo 5,0 UT (unidade de turbidez).
Além da turbidez, a água pode apresentar coloração. A cor é produzida
por material dissolvido no liquido e a turbidez por material em suspensão.

2. OBJETIVOS
Determinar a turbidez em amostras de água destilada, águasuperficial da
torneira, água salobra, esgoto doméstico,água da lagoa, vinhaça e da Pepsi.

3. MATERIAIS E MÉTODOS
3.1 Materiais:
 Turbidímetro;
 Frascos contendo soluções-padrão de 0 (corpo negro); 0,61; 10;








100 e 1000 UNT.
Amostra de água destilada;
Amostra de água superficial de torneira;
Amostra de esgoto domestico;
Amostra de Pepsi;
Amostra de água devinhaça;
Amostra de água salobra.

3.2 Métodos:
 Preparou-se o aparelho para calibração;
 Ajustou-se o zero com o corpo negro;
 Calibrou-se o aparelho com o padrão 10 UNT;
 Fez-se a leitura da turbidez para todos os frascos contendo as
soluções ( 0 – corpo negro; 0,61; 10;100 e 1000 UNT), anotando-se
os valores obtidos para preparo de uma curva de calibração para o
turbidímetro;

Agitou-se a amostra e transferiu-se parte do líquido para o tudo de



vidro;
Colocou-se o tudo de vidro com a amostra no compartimento do
aparelho e procedeu-se a determinação da turbidez.

4. RESULTADOS E DISCUSSÃO

São apresentados na Tabela 1 os dados obtidos no laboratório pelo
aparelho turbidímetro para as três amostras:
Materiais

Turbidez(NTU)

Pepsi

0,000

Água deTorneira

0,387

Água Destilada

0,517

Lagoa

2,391

Água Salobra

3,715

Vinhaça

28,480

Esgoto Doméstico

61,960

Tabela 1: Resultados obtidos para essas amostras
A análise da Tabela 1, pode-se remeter a 3 aspectos: Consumo,
lançamento e reúso. Levar em conta primeiramente para consumo, no caso a
potabilidade. Que principalmente deve-se pensar que quando se diz...
tracking img