Ttttt

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1317 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sistema de Arquivos

Sistema de arquivos
Objetivo - Oferecer ao Sistema Operacional a estrutura necessária para ler/gravar os arquivos/diretórios
– –

Distribuído em níveis (hierárquico) Suporta um relacionamento pai/filho entre o diretório e os arquivos e diretórios subordinados

2

Sistema de arquivos
Os Sistemas de Arquivos mais comuns que o Linux possue suporte são :




–Ext2 : Usado em partições “Linux Nativas” para o armazenamentode arquivos. É identificado pelo código 83. Seu tamanho deve ser o suficiente para acomodar todos os arquivos e programas que se deseja instalar no Linux Ext3 : Este sistema de arquivos possui melhorias em relação ao ext2, como destaque o recurso de journaling. Ele também é identificado pelo tipo 83 e é totalmente compatível com oext2 em estrutura Swap : Usada para oferecer memória virtual ao sistema. Note que é altamente recomendado o uso de uma partição Swap no sistema (principalmente se você tiver menos que 16MB de memória RAM).

3

Sistema de arquivos
O Linux organiza seu sistema de arquivos em uma árvore de diretórios
– –

A raiz desta árvore é o diretório / Observe a barra ao contrário do outro sistema. Amaneira como os arquivos são gravados no disco/partição Linux “conhece” a maioria dos filesystems entre eles:
MS-DOS, minix, ext2, iso9660, nfs, hpfs, sysv, vfat, etc.

Filesystem
– –

4

Sistema de arquivos
Tudo em Linux é considerado arquivo Periféricos são arquivos especiais Transparente ao usuário do sistema Diversos sistemas de arquivos podem conviver sob Linux O mesmo não ocorre com ooutro sistema.

5

Todas as partições existentes no disco são "descobertas" e iniciadas no momento do boot do computador e cada uma recebe uma letra para representação, como C:, D:, etc. O Windows NT (incluindo W2k) vem com o NT Loader, que referencia o setor de boot incluindo múltiplos sistemas operacionais, para partições NTFS.

Linux: No Linux as partições não são conhecidas até quealguém as monte. Talvez isso não seja a melhor maneira, porém é bem mais flexível do que os demais sistemas operacionais. O Linux conta com ferramentas como o LILO (LInux LOader) e GRUB (GRand, Unified Bootloader) para gerenciar o setor de boot e fazer a carga não só do Linux, mas de outros sistemas operacionais que possam existir no HD.

6

Sistema de arquivos /
FileSystem /dev/hda1 bin/dev/hda2 /dev/fd0 /dev/cdrom etc mnt/ home/ usuários

floppy cdrom pedro ana

7

Sistema de arquivos
C:\
/dev/hda /bin /etc /mnt /mnt/cdrom /mnt/floppy /dev/cdrom /home

D:\
/dev/hdb

8

/dev/fd0

Tipos de Arquivos Linux
Símbolo d l c s p b Tipo de arquivo Arquivo regular Diretório Link Dispositivo do tipo caracter Socket Named Pipe Dispositivo do tipo bloco

9

Arquivosespeciais
Unidades de E/S tais como impressoras, discos, CD’s e disquetes, podem estar conectadas ao sistema Todas elas são tratadas como arquivos especiais e são acessadas como qualquer arquivo do sistema Por convenção, todas as unidades de E/S estão agrupadas no diretório /dev
10

Diretórios do sistema
/bin


Comandos fundamentais
ls, rm, cp, grep

/etc


Arquivos de configuraçãopasswd, inetd.conf, fstab

/root


Diretório de trabalho do super usuário

11

Diretórios do sistema
/tmp


Diretório de arquivos temporários Onde se encontra o kernel e arquivos usados durante a inicialização
vmlinuz, System.map, map, boot

/boot


/sbin


Programas de uso do super usuário
route, swapon, mkfs, init

12

Diretórios do sistema
/usr/sbin
–Aplicações de uso do super usuário
traceroute, daemons (sendmail, inetd)

/usr/local


Diretório onde são instalados (por default) diversos aplicativos.
Netscape, WordPerfect, StarOffice

/lib, /usr/lib


Bibliotecas de programas

13

Diretórios do sistema
/var


Arquivos de log, filas de mail e de impressão
/var/log/messages /var/spool/mqueue /var/spool/lpd

/usr/bin
–...
tracking img