Trauma musculo esqueletico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (863 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CONSIDERAÇÕES INICIAIS

Ao tratar de um paciente traumatizado grave deve-se:

Manter a prioridade de avaliação. Não se distrair com lesões que não comportam risco de vida.

Reconhecer as lesõesmúsculo-esqueléticas com risco de vida.

Reconhecer a biomecânica do trauma e a possibilidade de outras lesões com risco de vida.

ANATOMIA E FISIOLOGIA

1. 206 ossos:

longos (fêmur, úmero,ulna, rádio, tíbia, fíbula);

curtos (metacarpais, metatarsais, falanges);

chatos (esterno, costela, escápula);

Suturais (crânio); e

sesamóides (entre os tendões - patela);

ANATOMIA EFISIOLOGIA

ANATOMIA E FISIOLOGIA

2. 700 músculos:

Voluntários e involuntários

3. Tendões

4. Ligamentos

ANATOMIA E FISIOLOGIA

AVALIAÇÃO

Tipos principais de traumamúsculo-esquelético:

Trauma isolado sem risco de vida;

Trauma sem risco de vida associado a trauma multissistêmico com risco de vida;

Lesões com risco de vida (fratura de fêmur, bacia)

Todos os problemasencontrados durante o exame primário devem ser tratados antes de passar para o exame secundário.

Todos os problemas encontrados durante o exame primário devem ser tratados antes de passar para oexame secundário.

O socorrista não é responsável por distinguir os diversos tipos de lesões músculo-esqueléticas, mas por identificar e tratar as lesões com risco de vida.

O socorrista deve avaliaros mecanismos do trauma, afim de, suspeitar as lesões que o paciente possa ter sofrido.

EXAMES PRIMÁRIO E SECUNDÁRIO

Garantir que a cena é segura;

Utilizar EPI;

Exame primário:

Trata osproblemas com risco de vida imediato.

1. A: Vias aéreas

2. B: Ventilação

3. C: Circulação

4. D: Estado neurológico

Exame secundário:

Exame secundário:

Quando o paciente não correrisco de vida, o socorrista deve fazer o seguinte:

Remova toda a roupa;

Pergunte ao paciente sobre o mecanismo do trauma;

Avalie o paciente a procura de lesões;

Palpe os pulsos, sinta...
tracking img