Transtorno bipolar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2970 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
Os transtornos que alteram o comportamento humano tem sido a causa de constantes desafios à ciência. Neste trabalho destaca-se o transtorno de tique e transtorno bipolar.
A síndrome de Gilles de la Tourette (SGT) foi descrita pela primeira vez em 1885 por Gilles de la Tourette com o relato de nove casos apresentando tiques crônicos motores e vocais Os critérios utilizadospela CID-10 (, definem tique como movimento motor involuntário, rápido, recorrente e não rítmico (usualmente envolvendo grupos musculares circunscritos) ou produção vocal, de início súbito e sem propósito aparente.
A SGT é definida como uma forma de transtorno de tique na qual há ou houve tiques motores múltiplos e um ou mais tiques vocais, embora não precisem ser simultâneos. Inicia-se nainfância ou adolescência, os tiques motores precedem os vocais, agravam-se na adolescência e persistem na vida adulta. Podem ser suprimidos por períodos curtos de tempo, exacerbados pelo estresse e desaparecer durante o sono. Podem ser transitórios ou crônicos.
O tratamento de deve ser acompanhamento psicológico e psicossocial e fonoaudiólogo quando necessário também o farmacológico.
Otranstorno bipolar (TBP) é uma condição psiquiátrica relativamente freqüente, com prevalência na população entre 1% e 2%. É caracterizado por episódios de alteração do humor de difícil controle depressão ou mania (bipolar I) ou depressão e hipomania (bipolar II). Os sintomas podem aparecer em qualquer idade, sendo mais comum o surgimento entre o início da segunda e meio da terceira década de vida.A etiologia da doença ainda não é conhecida, mas muitos estudos apontam para a existência de disfunções complexas, incluindo alterações nos receptores e nos pós-receptores de neurotransmissores.
O tratamento mais indicado atualmente é uma combinação de medicamentos com psicoterapia. O diagnóstico precoce aliado a uma terapêutica adequada é um bom caminho para a melhoria e manutenção daqualidade de vida do portador desse distúrbio. A participação da família, o apoio e o interesse em conhecer e tratar a doença também é muito importante.
Transtornos de Tique
São transtornos que apresentam alguma forma de tique, sendo freqüentemente fenômenos isolados, muito embora estejam associados a fases de perturbação emocional reconhecível.Principalmente na adolescência, é difícildistinguir o transtorno de uma perturbação emocional, ou uma perturbação emocional com tiques de uma exacerbação dos transtornos de tique.
Os tiques podem ser classificados como vocais ou motores; o motor, quando só há um movimento motor involuntário, rápido, recorrente e não rítmico e vocal, quando apresenta sons de início súbito e sem propósito aparente.
Ambos podem ser classificados em simplesou em complexos, sendo:
1. Motores simples – piscar olhos, sacudir os ombros e caretas faciais.
2. Motores complexos – bater em si mesma, saltar e pular.
3. Vocais simples – pigarros, fungadas, gestos.
4. Vocais complexos – repetições de determinadas palavras, às vezes, obscenas.
Observando-se a evolução clínica dos tiques, verifica-se que normalmente tiques motores surgemantes do desenvolvimento dos tiques vocais. Na adolescência, há uma piora dos sintomas, podendo persistir até a vida adulta.
A síndrome de Gilles de la Tourette é um transtorno que apresenta uma combinação de tiques vocais e motores múltiplos, com tiques curtos e rápidos e presença de movimentos estereotipados e sons, sendo uma disfunção normalmente autolimitada, podendo persistir até aadolescência e vida adulta.
Sua incidência chega a 5 a 10/10.000, sendo prevalente o sexo feminino .
Uma etiologia genética é levantada para o transtorno de Gilles de la Tourette, contudo, não há ainda confirmação. A possibilidade de uma disfunção de gânglios da base como causa também é discutida.
Os transtornos de tiques transitórios incidem em 25% de crianças. Um exemplo deste tipo de...
tracking img