Transportes no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1894 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O transporte brasileiro já sofreu com várias mudanças. Tendo seu início com o modal ferroviário ainda no tempo da colonização. Mas com o início da república vieram as novas tecnologias e com ela os desafios de um transporte mais rápido, e isso era si-nônimo de veículos automotores na época, então foram construídos milhares de quilô-metros de asfalto para esses veículos terem por onde se locomovercom mais facilidade. O que não se imaginava naquele tempo é que o Brasil iria ficar parado naquela época, sem evolução para outros modais que atualmente são altamente usados em países de-senvolvidos e que tem um alto potencial competitivo em relação a valores de bens de consumo.
Enquanto países desenvolvidos utilizam-se de outros modais, o Brasil ainda tem como o principal o rodoviário. Isto teminfluência direta no custo final do produto brasi-leiro que será importado.
Tendo em vista esses aspectos apresentados, foram discutidas algumas idéias principais no desenvolvimento desta pesquisa.


















TRANSPORTES NO BRASIL
FATORES QUE INFLUENCIAM E O QUE MUDARÁ NO FUTURO

1. SITUAÇÃO GERAL DOS TRANSPORTES NO BRASIL

A área de transporte brasileiro acarretagrandes limitações para o crescimento e ex-pansão da economia brasileira (ERHART E PALMEIRA, 2006).
O transporte rodoviário de cargas representa 60% em relação aos outros meios, isso reduz o potencial competitivo nas exportações e até mesmo no setor interno do Brasil, pois o custo é mais elevado se levar em consideração os fatores negativos desse meio. O mal estado de conservação das estradasrepresenta 30% do total dos 1.355.000 quilôme-tros de rodovias.
O Brasil possui 37 portos, é feito por multimodalidade. Porém, é altamente contro-lado com as agências que regulam esse meio. Esse modal é responsável por 12,75% do transporte de cargas no país. O custo do transporte aquaviário é duas vezes menor que o da ferrovia e cinco vezes menor que o da rodovia.
No país existem 2498 aeroportos,sendo o 2º maior do mundo em número de aero-portos mundialmente ficando atrás apenas dos Estados Unidos, desses 34 são interna-cionais e 2464 regionais. O transporte aéreo não é um meio muito utilizado por que im-plica construção de estruturas muito especiais, necessitam de grandes espaços e instala-ções complexas de entrada e saída de aviões. E a manutenção dos aviões também tem um custo elevado.E apesar de ele transportar um número razoável de carga, o modo de ver dos brasileiros ainda o acha de um alto valor que não compensa no final. Apenas nos últimos anos que esse meio começou a se desenvolver no Brasil, com o surgimento de novas empresas de aviação e o barateamento de passagens para transporte de pessoas. A sua participação no setor de transporte de cargas foi de apenas 0,31% no anopassado
As redes ferroviárias possuem 29.706 quilômetros de extensão, é um modo seguro de transportar cargas, porém em sua quase totalidade em desuso no país por abandono e mau estado de conservações de seus trilhos.

2. MODAL RODOVIÁRIO

A infra-estrutura dos transportes hoje no Brasil está totalmente distorcida, onde o transporte rodoviário predomina com cerca de 60% de tudo o que étransportado no Brasil, o que acaba acarretando o custo país, tornando-o menos competitivo no mercado internacional.
Chega-se a conclusão de que é de extrema importância investir no sistema de trans-porte, dando manutenção as rodovias, restaurar as ferrovias, melhorando a qualidade de escoamento, adequando à matriz de escoamento e, sobretudo investir na criação de vias navegáveis, isso tornaria otransporte brasileiro mais competitivo no mercado mundial. São necessárias providencias imediatas, já que há um bom desempenho no mercado de cargas pesadas no país, investir no transporte aéreo, nas rodovias, ferrovias e hidrovias.
O Brasil é a décima economia mundial, analisado através dos critérios do Produto Interno Bruto e, atualmente, está entre os 20 maiores exportadores mundiais, segundos...
tracking img