Transplante de medula ossea

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3012 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CURSO DE GRADUAÇÃO




TRANSPLANTE DE MEDULA ÓSSEA










CURSO DE GRADUAÇÃO


TRANSPLANTE DE MEDULA ÓSSEA




SUMÁRIO






























RESUMO






























1 – OBJETIVO

Este trabalho tem por objetivomostrar a evolução da tecnologia no que diz respeito à medicina e principalmente no Transplante de Medula Óssea e a importância da ética. As instituições de saúde, entre elas os hospitais, são formadas essencialmente por pessoas, que convivem profissionalmente e tomam decisões que afetam a própria instituição, as pessoas que dela dependem direta e indiretamente e a coletividade onde está inserida. Éticanos fala de valores, princípios e normas que servem de base para o comportamento humano; nos fala do que é certo correto e justo, assim como da responsabilidade dos indivíduos por seus atos. Fará a interdisciplinaridade entre a Ética e a Tecnologia da Informação.





















2 – INTRODUÇÃO
O câncer configura-se como a segunda causa de morte por doença no Brasil e acada ano surgem, aproximadamente, 400 mil novos casos. É uma doença que, além da gravidade aliada às crenças ao desconhecimento quanto ao seu prognóstico e tratamento, faz com que as pessoas a vejam como aterrorizadora e incurável.
Dentre os tipos de câncer, a leucemia tem sido objeto de atenção dos profissionais de saúde, talvez por atingir uma população jovem que se encontra no auge da suafase produtiva e resultar em alto índice de mortalidade.
As leucemias estão classificadas em agudas e crônicas, estando divididas em mieloblástica e linfocítica e suas subclassificações. A leucemia mieloblástica aguda (LMA) caracteriza-se pela rápida instalação e progressão da doença, resultando em 100% de mortalidade dentro de dias ou meses, quando não tratada adequadamente e, por isso, causamaiores preocupações.
O transplante de medula óssea (TMO), inicialmente utilizado como última medida terapêutica, hoje é considerado uma forma de terapia bem sucedida para determinadas doenças habitualmente fatais, como a leucemia.
O TMO é um processo complexo, longo e agressivo, portanto, não está isento de complicações que, por vezes, deixam lesões ou têm conseqüências fatais. Os pacientesvivenciam experiências muito dolorosas, tanto de ordem física quanto psicológica.
A expectativa do que vai acontecer, da dor, das mudanças na rotina diária e das alterações físicas, as quais terá que se submeter, provoca um sofrimento por antecipação, deixando-os mais fragilizados.
Portanto, o conhecimento das demandas de atenção vivenciadas por pacientes com leucemia mielóide aguda e submetidos à TMO,torna-se imprescindível para que o profissional de saúde possa planejar uma assistência direcionada às necessidades do paciente.
Também, verifica-se a inexistência de estudos que abordem os fatores de demandas de atenção a que os pacientes com leucemia e submetidos ao transplante de medula óssea vivenciam.












































3- DESENVOLVIMENTO
Transplante de Medula Óssea (transplante de células tronco hematopoiéticas)
O transplante de medula óssea (TMO) é modalidade terapêutica utilizada no tratamento de inúmeras das doenças hematológicas, benignas ou malignas; hereditárias ou adquiridas.

O fundamento lógico para o transplante de células progenitoras está baseado no fato de que todas as células maduras quecirculam no sangue: glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas provêm de uma única célula, contida na medula óssea, denominada célula progenitora ou “stem cell”, e atualmente o termo mais amplamente aceito é células progenitoras hematopoiéticas (TCPH).

Assim, o termo transplante de medula de óssea denominado TMO, vêm sendo modificado por um termo mais específico: transplante de células...
tracking img