transformadores

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 183 (45666 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de fevereiro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
TRANSFORMADORES

ÍNDICE
1 – INTRODUÇÃO
2 – TEORIA ELEMENTAR DO TRANSFORMADOR
2.1 – O transformador em vazio
2.2 – O transformador sob carga
3 – TRANSFORMADOR COM NÚCLEO DE FERRO
3.1 – Circuito equivalente e diagrama fasorial
3.2 – Formas construtivas de núcleos e bobinas
4 – CARACTERÍSTICAS DE DESEMPENHO
4.1 – Corrente de excitação
4.1.1 – Corrente magnetizante
4.1.2 - Corrente deperdas magnéticas
4.2 – Perdas de excitação ou perdas magnéticas
4.2.1 – Perdas por histerese
4.2.2 – Perdas por correntes de Foucault ou perdas parasitas
4.3 – Medição das perdas e corrente de excitação
4.4 – Impedância
4.4.1 – Impedância percentual
4.4.2 – Resistência percentual
4.4.3 – Ensaio de curto-circuito do transformador
4.4.4 – Relação entre resistências de perdas e reatância dedispersão
4..5 – Regulação da tensão
4. 6 – Rendimento do transformador
5 – CÁLCULO DA CORRENTE DE EXCITAÇÃO E DAS PERDAS EM VAZIO
6 – CÁLCULO DAS PERDAS DEVIDAS ÀS CORRENTES DE CARGA
6.1 – Perdas ôhmicas nos enrolamentos (Wo)
6.2 – Perdas parasitas nos condutores
6.3 – Perdas adicionais devidas ao fluxo de dispersão
6.4 – Perdas por circulação de corrente
7 - CÁLCULO DA REATÂNCIA DEDISPERSÃO
7.1 – Método do fluxo concatenado
7.2 – Método da energia armazenada no campo magnético de dispersão do fluxo
7.3 – Reatância de dispersão transversal
8 – CONSTRUÇÃO
8.1 = Núcleo e elementos de montagem
8.1.1 - Dimensionamento das chapas do núcleo
8.1.2 - Pressão de empacotamento e fator de empilhamento
8.1.3 – Planilha para cálculo de núcleos
8.1.4 – Etapas de construção do núcleo8.1.5 – Núcleos para transformadores pequenos
8.2 – BOBINAS
8.2.1 – Tipos de bobonas
8.2.2 – O Condutor
8.2.3 – Construção das bobinas
8.2.4 – Tratamento das bobinas, encolunamento e montagem
9 – O ISOLAMENTO DO TRANSFORMADOR
9.1 – Introdução
9.2 – Características dos dielétricos
9.2.1 – Rigidez dielétrica
9.2.2 – Constante dielétrica
9.2.3 – Perdas dielétricas
9.2.4 – Variação darigidez dielétrica do ar com a espessura, pressão e temperatura
9.2.5 – Variação da rigidez dielétrica com a espessura em materiais sólidos e líquidos
9.2.5.1 – Óleo para transformador
9.2.5.2 – Dielétricos sólidos

1

1
1
4
4
8
8
13
17
17
17
21
22
22
23
23
25
25
26
26
28
29
32
34
40
42
46
55
55
57
57
59
63
69
69
69
75
75
76
81
82
82
83
86
91
93
9394
93
96
101
103
105
106
106

9.2.6 – Variação da rigidez dielétrica com a temperatura nos materiais sólidos
9.2.7 – Variação da tensão disruptiva e da rigidez dielétrica com o tempo
9.2.7.1 – Rigidez dielétrica com tensões alternativas senoidais
9.3 – Transitórios nos sistemas elétricos
9.3.1 – Sobre tensão de chaveamento de um curto-circuito
9.3.2 – Disjuntor desligando umtransformador sem carga
9.3.3 – Transformador atingido por uma onda de impulso
9.3.4 – Onda de impulso normalizada
9.3.5 – Distribuição da tensão de impulso ao longo dos enrolamentos
9.3.5.1 – Distribuição inicial das tensões para uma excitação salto unitário u-1(t)
9.3.5.2 – Distribuição final da tensão de impulso no enrolamento
9.3.5.3 – Distribuição transitória da tensão de impulso noenrolamento
ANEXO A: Calculo das capacitâncias distribuídas de um enrolamento
9.4 – Critérios de dimensionamento e formas construtivas
9.4.1 – Isolamento entre espiras, entre camadas e entre discos
9.4.2 – Isolamento entre bobinas e entre bobinas e massa
9.4.3 – Isolamento entre fases
9.4.4 – Isolamento entre enrolamento externo e a caixa do transformador
10 – DIMENSIONAMENO DOS TRANSFORMADORES DEPOTÊNCIA
10.1 – Relações econômicas
10.2 – Cálculo da seção do núcleo
10.3 – Dimensionamento dos enrolamentos
11 – CÁCULO TÉRMICO DOS TRANSFORMADORES
11.1 – Generalidades
11.2 – Distribuição da temperatura num transformador
11.3 – Transmissão de calor por condução
11.3.1 – Entre paredes planas
11.3.2 – Placas paralelas que são fontes de calor
11.4 – Transmissão de calor por convecção...
tracking img