Transferencia da familia real para o brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1137 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Trabalho de história sobre a familia real

A transferência da corte portuguesa para o Brasil foi o episódio da história de Portugal e da história do Brasil em que a família real portuguesa, a sua corte de nobres (ver nobreza portuguesa) e mais servos e demais empregados domésticos (tais como valetes) se radicaram no Brasil, entre 1808 e 1820. Tendo a leva inicial chegado a mais ou menos quinzemil pessoas. Posteriormente, após 1822, alguns destes voltaram a Portugal.
A capital do Reino de Portugal foi estabelecida na capital do Estado do Brasil, a cidade do Rio de Janeiro, registrando-se o que alguns historiadores denominam de "inversão metropolitana", ou seja, da antiga colónia passou a ser exercida a governação do império ultramarino português.
FIGURA 4
MOTIVOS DAVINDA DA FAMÍLIA REAL PARA O BRASIL
Não só de ascensão política e econômica encontrava-se a Europa. Napoleão Bonaparte, imperador francês, estava indo atrás da sua hegemonia na Europa e, para isso, era necessário frear a expansão marítima da Inglaterra. E é ai que Portugal começa a ter o seu papel no fato. A corte portuguesa encontrava-se em uma situação muitíssimo delicada: de um lado estavaNapoleão Bonaparte, pressionando a invadir aqueles territórios que não acatassem as suas ordens. De outro, estava a Inglaterra, parceira comercial e militar de Portugal. Napoleão decidiu fixar um bloqueio sobre a Inglaterra, em uma tentativa de diminuir o poderio dos mares que está apresentava. Este bloqueio visava a fechar todo o continente europeu em relação à Inglaterra, o chamado BloqueioContinental. Portugal, que se encontrava muito subordinado à "rainha dos mares", decidiu relutar em aderir completamente o ato. Ao tomar esta decisão, Portugal viu-se em uma situação complicada: a promessa de invasão territorial por Napoleão Bonaparte. D. João, então príncipe regente de Portugal, viu-se obrigado a assinar a Convenção Secreta no dia 22 de outubro de 1807.
Em contrapartida, ao tomarconhecimento desse tratado e com a concretização da fuga da Família Real para o Brasil em 1808, Portugal e Espanha assinaram um acordo denominado Tratado de Fontainebleau.
Por volta do dia 7 de março de 1808, chegou ao Brasil a Corte Portuguesa, distribuída em 14 navios e acompanhada de cerca de 15 mil pessoas. Traziam consigo suas riquezas, documentos, coleções de artes e diversas coisas mais.

Essafuga da Família Real para o Brasil mudou o percurso que o país vinha tomando, já que influenciou no crescimento da nação e, posteriormente, na sua independência. Foi também a solução para salvar a dinastia portuguesa, pois mesmo que está tenha sido invadida em Portugal, conseguiu manter-se viva em território brasileiro.

O BRASIL ANTERIOR À CHEGADA DA CORTE PORTUGUESA
Quando a corte portuguesachegou ao território brasileiro, encontrou uma colônia muitíssimo atrasada em relação à metrópole. Porém, com a chegada da família real ao Brasil e com a instalação da sede no mesmo território, inúmeras modificações, não só no campo comercial e econômico, foram relatadas. Dentre essas podemos destacar as modificações nas diversas áreas científicas. Primeiramente, daremos enfoque à evolução damedicina brasileira, que irá ter como conseqüência a melhoria na saúde pública da população

MUDANÇAS OCORRIDAS
Entre as mudanças que ocorreram com a vinda da Família Real para o Brasil destacam-se as 8 principais:
a fundação do primeiro Banco do Brasil, em 1808;
a criação da Imprensa Régia e a autorização para o funcionamento de tipografias e a publicação de jornais também em 1808[9];
a criaçãoda Real Academia Militar (1810);
a abertura de algumas escolas, entre as quais duas de Medicina – uma na Bahia e outra no Rio de Janeiro;
a instalação de uma fábrica de pólvora e de indústrias de ferro em Minas Gerais e em São Paulo;
a vinda da Missão Artística Francesa em 1816, e a fundação da Academia de Belas-Artes;
a mudança de denominação das unidades territoriais, que deixaram de se...
tracking img