Tramatismo torax

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (791 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
uma
Traumatismo do Tórax
Fisiopatologia

A hipóxia tecidual, a hipercarbia e a acidose são resultados freqüentes do trauma torácico. A hipóxia tecidual resulta de uma oferta inadequadade oxigênio aos tecidos causados pela hipovolemia, por alteração da relação ventilação/perfusão pulmonar (contusão, hematoma, colapso alveolar, etc.), e por alterações nas relações pressóricasintratorácicas (pneumotórax hipertensivo, pneumotórax aberto, etc.). A hipercarbia implica em hipoventilação. Agudamente, a hipóxia é mais importante. A acidose respiratória é causada pela ventilaçãoinadequada, por alterações nas relações pressóricas intratorácicas, por depressão do nível de consciência, etc. Já a acidose metabólica é causada pela hipoperfusão dos tecidos (choque).Classificação
• Quanto ao tipo de lesão: como já mencionado anteriormente, divide-se em :

Aberto: são, a grosso modo, os ferimentos. Os mais comuns são os causados por armabranca (FAB) e os por arma de fogo (FAF).
Fechado: são as contusões. O tipo mais comum dessa categoria de trauma é representado pelos acidentes automobilísticos.

• Quantoao agente causal
➢ FAF
➢ FAB
➢ Acidentes Automobilísticos
➢ Outros

• Quanto à manifestaçãoclínica
➢ Pneumotórax (hipertensivo ou não)
➢ Hemotórax
➢ Tamponamento cardíaco
➢ Contusão pulmonar
➢Lesão de grandes vasos (aorta, artéria pulmonar)

Mecanismos de lesão
Os principais são os seguintes

Trauma direto – neste mecanismo, a caixa torácica é golpeadapor um objeto em movimento ou ela vai de encontro a uma estrutura fixa. Nesse caso, a parede torácica absorve o impacto e o transmite à víscera. Além disso, nesse tipo de trauma é freqüente que o...
tracking img