Trabalhos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (950 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de novembro de 2010
Ler documento completo
Amostra do texto
PROJETO INTEGRADOR – PARTE I

Cabo Frio, 13 de novembro de 2010

SUMÁRIO

1.INTRODUÇÃO.................................................................................................................... 3
2. O MODELO JAPONÊS DE ADMINISTRAÇÃO DA TOYOTA..................................4
3 A PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL DA TOYOTA .................................................. 5
4. OSPROCESSOS DE NEGÓCIOS DA TOYOTA............................................................6
5. CONSIDERAÇÕES FINAIS............................................................................................. 7
6. REFERÊNCIAS .................................................................................................................. 8

1. INTRODUÇÃO

Este estudo deriva da motivação daimportância que a sincronização da produção com base no takt-time (tempo disponível para a produção dividido pela demanda de mercado); tem dentro do sistema Toyota de Produção (STP). Além de aspectosoperacionais, este elemento tem relevância nas discussões de estratégia de produção relativas ao STP, especialmente com respeito à dimensão flexibilidade.
Do ponto de vista da operacionalização dossistemas de produção voltados para a melhoria do processo, e mais especificamente no caso da STP, várias questões relativas ao tema, ainda carecem de esclarecimentos. Particularmente, as conceituaçõesde tempo e ciclo e takt-time, fundamentais para o entendimento do funcionalismo do STP, são controversas. Mais do que isso, vários textos sobre o sistema Toyota de produção centram suas atençõessomente no sistema Kanban (método de fabrico em série aplicado aos processos de aprovisionamentos, produção e distribuição) negligenciando a relevância do takt-time no esquema de gestão de produção.
Outrosdiscordam a respeito do mecanismo da operação-padrão, mas tratam a determinação dos tempos sob a perspectiva de cada célula, sem fazer as armações processuais devidas.


2. O MODELO JAPONÊS...
tracking img