Trabalhos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 27 (6503 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
- FISIOLOGIA CARDIOVASCULAR – Resumo baseado no livro Tratado de Fisiologia Médica Guyton e Hall 12ª Ed; aulas do professor Dr. André Feldman; aulas da professora Ornólia Paracampos; e nos conhecimentos do aluno em xeque.
ESCOLA DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI Aluno: Nilton Freire De Assis Neto – 1º ANO 2012 Considerações: Fisiologia do Músculo Cardíaco.
O músculo cardíaco contémmiofibrilas típicas, com filamentos de actina e miosina, quase idênticos aos encontrados nos músculo esqueléticos; esses filamentos se dipõe lado a lado e deslizam juntos durante as contrações, como ocorre nos músculos esqueléticos. As fibras do músculo cardíaco são feitas de muitas células individuais, conectadas em série e em paralelo umas com as outras. Em cada disco intercalado, as membranascelulares se fundem entre si, de modo a formarem junções “comunicantes” permeáveis que permitem a passagem, quase totalmente livre, de íons. Os íons movem-se com facilidade pelo fluido intracelular, ao longo do eixo longitudinal das fibras miocárdicas, com os potenciais de ação de propagando facilmente, através dos discos intercalados. O coração é na verdade composto por dois sincícios; o sincícioatrial, que é forma as paredes dos átrios e o sincício ventricular, que forma as paredes dos ventrículos. Os átrios são separados dos ventrículos por tecido fibroso. Como o potencial de ação não consegue ultrapassar esse tecido fibroso, eles são conduzidos por meio e um sistema especializado de condução chamado de feixe A-V. A divisão do músculo cardíaco em dois sincícios funcionais assegura acontração atrial pouco antes da contração ventricular, o que é importante para a eficiência do músculo cardíaco. O potencial de ação, na fibra ventricular tem uma variação muito grande. Após o potencial, a membrana permanece despolarizada, exibindo um platô, ao qual se segue repolarização abrupta. A presença desse platô no potencial faz a contração muscular ventricular durar até 15 vezes mais que ascontrações observadas no m. esquelético. O potencial de ação miocárdico é grande e apresenta platô pelos seguintes fatos... O potencial de ação do músculo esquelético é causado quase que inteiramente pela súbita abertura de grande quantidade dos CANAIS RÁPIDOS DE Na, que permite a passagem de inúmeros íons Na+ entre nas fibras do m. esquelético vindo do líquido exracelular. São chamados de rápidospq permanecem abertos apenas por alguns milésimos de segundos e então se fecham de modo abrupto. Ao final desse fechamento, ocorre a repolarização, e o potencial de ação termina dentro de aproximadamente um milissegundo. No m. cardíaco, além de sua abertura ser do tipo CANAIS RÁPIDOS DE Na, também apresenta CANAIS LENTOS DE Ca ou CANAIS DE Ca-Na. Esses são chamados de lentos, pq são lentos para seabrir, mas, quando abertos permanecem nessa posição por vários décimos de segundos. Durante esse tempo, grande quantidade de íons cálcio e sódio penetra nas fibras miocárdicas por esses canais mantendo o prolongado período de despolarização, causando o platô. Além disso, os íons cálcio, entrando durante a fase de Platô, ativam o processo de contração muscular. A segunda grande diferença , é queimediatamente após o início do potencial de ação a permeabilidade da membrana celular miocárdica aos íons potássio diminui e essa permeabilidade reduzida, pode ser proveniente do influxo excessivo de cálcio pelos canais de Ca-Na. Independentemente da causa, a redução da permeabilidade ao potássio diminui a saída dos íons potássio com carga positiva durante o platô do potencial e assim impede oretorno rápido do potencial de ação do seu nível basal. Quando os canais de Ca-Na lentos se fecham e cessa o influxo de Ca e Na, a permeabilidade da membrana aos íons potássio aumenta rapidamente; essa perda de potássio do interior da fibra provoca o retorno imediato do potencial de membrana da fibra em seu nível de repouso, encerrando assim o potencial de ação.

O período refratário do coração é...
tracking img