Trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (368 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Trabalho de Leitura e Produção de Texto
I – Fazer a identificação no Jornal dos seguintes pontos:
* Nome do Jornal: Diário de Natal;
* Cadernos Encontrados: Política, Economia, Esporte,Mundo;
* Tipos de assuntos abordados: Construção do estádio Arena das Dunas, Inundação na cidade de Ipanguaçu e Arrastão realizado em um motel da cidade.

II- Algumas palavras e expressõesinteressantes de nossa língua.
Arrastão, Conglomerado de Empresas, Produção de sorgo, Algodão de Caroço.
III – Ler e identificar os gêneros textuais (charge, classificados, dicas culturais etc.).
Osclassificados neste jornal estão divididos em: Serviço, Imóveis, Emprego, Telefone, Educação, Veículos, Tec & Informática e Outros.
Charge Encontrada nesta edição:

IV – Dicas Culturais:
“Pratos detempero verde e amarelo, servidos num grande cardápio nacional. A 6ª edição do Festival Brasil Sabor segue movimentando o meio culinário do país até o dia 29 de maio, sob a estimativa de que reúne até1.400 estabelecimentos ao redor do território brasileiro. No Rio Grande do Norte, cerca de 30 casas já estão servindo suas iguarias, que devem destacar ingredientes típicos de seus estados.”

V –Notícia:
Cerca de 60 apenados tentaram fugir da ala destinada ao regime semi-aberto do Complexo Penal João Chaves, na zona Norte de Natal, mas foram impedidos pela guarda do presídio na madrugada destaquarta-feira (11). O motivo desta tentativa de fuga, segundo os dententos, é a falta de condições humanas nas cela, então eles relataram que tentaram e vão tentar novamente esse ato, com o objetivode ganhar a liberdade e viver em condições dignas.
Opinião:
Esse tipo de evento, é comum em toda parte do país devido a falta de atenção por parte das autoridades para com o sitema prisional. Ascadeias públicas parecem mais um “lixão”, é um amontoado de indivíduos, a alimentação deles, muitas vezes já chegam em nas celas, estragadas e além disso, muitos morrem por falta de assinstência...
tracking img