Trabalho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1041 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Trabalho
de
Sociologia



Sumário:

1°- Introdução sobre ação social;
2°- Conceitos sobre ação social;
- Ação social tradicional;
- Ação social afetiva;
- Ação social racional com relação avalores;
- Ação social racional com relação a fins;
3°- Ações sociais na atualidade;
4°- Bibliografia;



Introdução:

 Ação social refere-se a qualquer ação que leva em conta ações ou reações de outros indivíduos e é modificada baseando-se nesses eventos; esses “indivíduos” podem ser pessoasde grupos próximos ou distantes, conhecidos ou desconhecidos por quem realiza a ação.
A ideia central da ação social é a existência de um sentido na ação; é a ideia de ter um comportamento se utilizando de uma “ação” para modificar algo em uma sociedade ou em um país em diversas áreas, desde a política até ao combate a fome.



Conceito sobre Ação social:Na visão de Max Weber, a função do sociólogo é compreender o sentido das chamadas “ações sociais”, e fazê-la é encontrar os nexos causais que as determinam. Entende-se que ações imitativas, nas quais não se confere um sentido para o agir, não são ditas ações sociais. A sociologia é uma realidade infinita e para analisá-la é preciso construir tipos ideais, que não existem de fato, mas quenorteiam a referida análise.
Para Weber a ação é toda conduta humana dotada de um significado subjetivo dado por quem a executa, e ação social é toda conduta dotada de sentido para quem a efetua. A ação social deve ser praticada com intenção; a partir disso, Max Weber constrói quatro tipos de ideais fundamentais de ação social que podem se enquadrar na sociedade: ação social tradicional, açãosocial afetiva, ação social racional com relação a valores e ação social racional com relação a fins.

1- Ação social tradicional:

Refere-se aos hábitos e costumes enraizados, como por exemplo, comemorar o natal.

2- Ação social afetiva:

É movida porsentimentos, tais como o orgulho, loucura, medo, paixão e outros; é inspirada em emoções imediatas, sem considerações de meios ou de fins a atingir, como por exemplo, torcer por um time; no caso o indivíduo pratica a ação porque se sente bem.

3- Ação social racional com relação a valores:

É aquela em que o individuoconsidera apenas suas convicções pessoais e sua fidelidade com os seus ideais, na qual não é o fim que orienta a ação, mas sim o valor, seja este ético, religioso, político ou estético, como por exemplo, ser honesto, ser casto, entre outros.

4- Ação social racional com relação a fins:

È praticada com um objetivo previamente definido, visando apenas o resultado, ou seja, a ação éestritamente racional, e toma-se um fim e este é, então, racionalmente buscado. Há a escolha dos melhores meios para se realizar um fim.
Max Weber define a sociologia como a ciência que pretende entender, a ação social, para explicá-la causalmente em seus desenvolvimentos e efeitos, ou seja, pretende explicar que tipo de mentalidade leva à realização das ações.
Partindo doconceito de sociologia e das ações sociais podemos então compreender que a ação social definida por Max Weber, é aquela que é orientada ao outro, e que é como uma conduta plural, reciprocamente orientada, dotada de conteúdos significativos que descansam na probabilidade de que se agirá socialmente de um modo certo, porém o caráter recíproco da ação social, não obriga os agentes envolvidos a atuarem...
tracking img