Trabalho sobre o crack

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4333 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O USO DO CRACK:
Problema Social que atinge a Sociedade Brasileira

INTRODUÇÃO

O uso de drogas ilícitas tem aumentado expressivamente nos últimos anos, chegando a atingir desde as grandes cidades até o meio rural. Além disso, o uso de drogas, em especial o crack, tem avançado pelas fronteiras econômicas, atingindo todas as clases sociais.
Quando o crack foi introduzido no Brasil, estavaadstrito às classes menos abastadas devido a seu valor ser comercialmente muito baixo. Com isso, moradores de rua que antes cheiravam cola, encontraram no uso do crack uma droga mais potente e de efeitos mais rápidos.
Como o consumo, inicialmente, era realizado por moradores de rua e pessoas mais pobres, as autoridades não deram o devido valor a essa problemática e com isso, o consumo do crackacabou irrompendo barreiras e conquistando várias outras classes sociais, fazendo milhares de vítimas em todo o territorio nacional.
Segundo dados do Ministério da Saúde, nos últimos cinco anos o número de usuários quase que dobrou chegando a 610 mil e trazendo constantes mortes pelo uso e em decorrência dele. (MARQUES, 2010).

EFEITOS
O crack causa destruição de neurônios e provoca ao seu usuárioà degeneração dos músculos do seu corpo, conhecida na medicina como rabdomiólise, o que dá aquela aparência esquelética ao indivíduo, ou seja, ossos da face salientes, pernas e braços finos e costelas aparentes. O usuário do crack pode ter convulsão e como conseqüência desse fato, pode levá-lo a uma parada respiratória, coma ou parada cardíaca e enfim, a morte. Além disso, para o debilitado eesquelético (um zumbi) sobrevivente seu declínio físico é assolador, como infarto, dano cerebral, doença hepática e pulmonar, hipertensão, acidente vascular encefálico (AVE), câncer de garganta e traquéia, além da perda dos seus dentes, pois o ácido sulfúrico que faz parte da composição química do crack assim trata de furar, corroer e destruir a sua dentição, além da inalação de substâncias advindasda queima do alumínio das latinhas (cerveja e refrigerantes) que os usuários de crack usam para queimar as pedras.
O crack tem a propriedade, do ponto de vista orgânico e psicológico, de causar forte e rápida dependência com uma fissura (abstinência) incontrolável e crescente. Também de estimular paranóias deprimentes que, no seu modus operandis psicológico, minam a auto-estima do usuárioimpelindo-o na direção de manter o uso como forma de refúgio desse problema
FATORES QUE PROPICIAM.
Vejamos alguns fatores que propiciaram isso e que se inter-relacionam: concentração da renda (a Pipa tem um ambiente nítido e extremamente desigual, alimentado por ganhos excepcionais de um lado e salários miseráveis por outro), o baixo nível educacional e de informação (carece a Pipa de uma política deinserção social via qualificação/emprego e de acesso à informação, função a qual o Telecentro logrou suprir sem sucesso, primeiro por sua carência estrutural, depois por questões corruptivas e/ou políticas), a proximidade com Natal e Goianinha (onde o uso do crack e a cultura do “meladinho” estão fortemente impregnados), a falta de uma política pública de conscientização que parta do poder públicoe da sociedade (integração entre as esferas pública e privada é fundamental na interferência de problemas como este, seja no formato de seminários abertos à população e com ampla divulgação, seja na inserção do tema nas escolas, seja na participação dos empresários na conscientização de seus funcionários, seja na participação da comunidade no sentido de combater as raízes e não as conseqüências, aestrutura e não os usuários), e a ausência de uma malha social que venha a dar suporte aos usuários que queiram deixar o vício (centro de reabilitação com suporte de recolocação social).
Estudos mais recentes apontam que a dependência química é multifatorial, ou seja, existem vários fatores relacionados. São fatores de natureza biológica, psicológica e social. Com pesquisas recentes, podemos...
tracking img