TRABALHO SHP

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1598 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de julho de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto

INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
CAMPUS SERRA







COMPRESSORES e NR 13 (VASOS DE PRESSÃO)








SERRA
2015
INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO
CAMPUS SERRA








COMPRESSORES e NR 13 (VASOS DE PRESSÃO)




Trabalho elaborado por Wesley Portes Ferreira, Ana Carolina Lyrio Horta, Renan Silveira e Ezequiel Cares , na disciplina de Sistemas Hidráulicos e Pneumáticos, ministrada peloprofessor João Vitor Ferreira Duque, 3º módulo do curso Técnico em Automação Industrial.




SERRA
2015

1. INTRODUÇÃO
O ar comprimido é provavelmente umas das mais antigas formas de transmissão de energia que o homem conhece, empregada e aproveitada para ampliar sua capacidade física. O reconhecimento da existência física do ar, bem como sua utilização mais ou menos consciente para o trabalho, sãocomprovados há centenas de anos.
Os modernos processos industriais de fabricação trazem a necessidade de produção do ar comprimido, tornando a aplicação de compressores imprescindível para o funcionamento dessas máquinas. Para utilização dessa forma racional dessa matéria prima, o ar comprimido, é necessário ter conhecimentos mínimos dos princípios básicos da física e de suas propriedades quandoaplicados a pneumática. Este trabalho tem intuito de mostrar os tipos de compressores, suas vantagens e desvantagens, e suas aplicações.
A norma regulamentadora 13, cujo título é Caldeiras e Vasos de Pressão, estabelecem todos os requisitos técnicos e legais relativos á instalação, operação e manutenção de caldeiras e vasos de pressão, de modo a se prevenir a ocorrência de acidentes do trabalho. A NR13 tem a sua existência jurídica assegurada, em nível de legislação ordinária, nos artigos 187 e 188 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

.








2. TIPOS DE COMPRESSORES
Conforme as necessidades fabris em relação à pressão de trabalho e ao volume, são empregados compressores de diversos tipos de construção.
Vamos analisar dois tipos de compressores: O de êmbolo ou pistão e o de turbina.http://arquivos.portaldaindustria.com.br/app/conteudo_18/2014/04/22/6281/Compressores.pdf

http://arquivos.portaldaindustria.com.br/app/conteudo_18/2014/04/22/6281/Compressores.pdf


2.1. COMPRESSOR DE ÊMBOLO COM MOVIMENTO LINEAR
Existem vários tipos de compressores. A seguir analisaremos alguns.


2.1.1 Compressor de êmbolo
Atualmente, o compressor de êmbolo com movimento linear é o maisusado. Ele é apropriado não só para compressão e pressões baixas e médias, mas também para altas pressões. O campo de pressão varia de um bar até milhares de bar.
Para compressão a pressão mais elevadas são necessários compressores de vários estágios. O ar aspirado será comprimido pelo primeiro êmbolo (pistão), refrigerado intermediariamente e novamente comprimido pelo êmbolo. Na compressão a altaspressões faz-se necessária uma refrigeração intermediária, pois essa operação gera alto aquecimento. Os compressores de êmbolo e outros são fabricados em execuções a água e ar.
Vantagem: Pode alcançar altas pressões de trabalho e requer mínima manutenção.
Desvantagem: Possuem pequena capacidade em termos de vazão de gás.

2.1.2 Compressor de membrana (Diafragma)
Este tipo pertence ao grupo doscompressores de êmbolo com movimento linear. Mediante a uma membrana o êmbolo fica separado da câmara de sucção e compressão, quer dizer o ar não terá contato com as partes deslizantes. O ar, portanto ficará sempre livre de resíduos de óleo.
O compressor de membrana é o preferido e mais empregado na indústria alimentícia, farmacêutica e química.
Vantagem: Não há contato entre o ar produzido e aspartes mecânicas do compressor.
Desvantagem: Produz uma capacidade moderada em termos de vazão.

2.2 COMPRESSORES DE ÊMBOLO ROTATIVO
Neste tipo de compressor se estreitam (diminuem) os compartimentos, comprimindo então o ar nos mesmos.

2.2.1 Compressor rotativo multicelular (Palhetas)
Em um compartimento cilíndrico, com aberturas de entrada e saída, gira um rotor alojado excentricamente. O rotor...