Trabalho pedagogia educacao infantil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2372 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]






















































































SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3

2 DESENVOLVIMENTO 4
2.1 A POSSÍVEL RELAÇÃO ENTRE O CUIDAR E O EDUCAR 4
2.1.1 RCNEI – Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil:
Cuidar x Educar. 4
2.2 MÉTODOS DEALFABETIZAÇÃO E SUAS ESPECIFICIDADES 5
2.2.1 Método Tradicional 5
2.2.2 Método Sintético 6
2.2.3 Método Analítico 6
2.2.4 Método Construtivista 7
2.3 A “RODA DE CONVERSA” NA EDUCAÇÃO INFANTIL 7
2.4 A PRESENÇA DO LÚDICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL 8

3 CONCLUSÃO 9

REFERÊNCIAS 10

INTRODUÇÃO

É de fundamental importância compreender as políticas sociais que possibilitam aDoutrina da Proteção Integral e da Prioridade Absoluta. Estas políticas que se inserem no contexto nacional ainda como algo novo, apesar dos mais de vinte anos do ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente, entre outras, podem contribuir para acrescentar novos paradigmas no terreno dos direitos da infância e da juventude, podendo ser consideradas grandes conquistas para a proteção integral. É nestesentido que precisamos compreender direitos para fundamentar o trabalho com as crianças e os adolescentes, no combate ao alheamento que parece ter tomado conta da sociedade brasileira.
Antes de discutir as questões da educação propriamente dita, é necessário salientar que ela deve ser uma das prioridades das políticas públicas. Cabe a esta política assegurar educação básica para todos,crianças e adolescentes, tanto da população urbana quanto rural; garantir a qualidade do ensino; ampliar a capacidade instalada, com aprimoramento e modernização dos programas e serviços da educação infantil, para faixa etária de 0 a 6 anos de idade; ampliar programas educacionais auxiliares à educação escolar, com participação da família e garantir vagas e condições de acesso e permanência dosportadores de necessidades educacionais especiais, nos programas de educação infantil escolar e de formação profissional.





DESENVOLVIMENTO


1 A POSSÍVEL RELAÇÃO ENTRE O CUIDAR E O EDUCAR

Deve-se ressaltar que a criança e o adolescente ainda precisam ser considerados prioridade absoluta para que a proteção integral seja alcançada. No caso do Brasil, as políticaspúblicas reproduzem a desigualdade existente na sociedade; não ocorreram mudanças consideráveis entre as décadas de 80 e a de 90. Pode-se perceber que estamos entre as dez maiores economias do mundo, apresentando ao mesmo tempo um dos piores índices de distribuição de renda. A maior violação de direitos está nas condições de privação e desigualdade das crianças e adolescentes. Ao olhar para a educaçãocomo um dos aspectos estratégicos para o desenvolvimento sustentável e para a equidade, observam-se os graves problemas decorrentes da ineficiência do sistema educacional no Brasil. Apresenta-se uma constatação clara de que existe uma associação entre pobreza, exclusão escolar e trabalho infantil. É preciso prestar atenção a essa estrutura tão perversa, pois os fenômenos sociais têm se agravado.1 RCNEI – Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil: Cuidar x Educar.

No Brasil, as políticas públicas para a educação estão em processo de modificação e alteração. Mecanismos administrativos e pedagógicos têm agora no mercado e na lógica privada seus princípios. Cabe ressaltar que o cuidar e o educar, como propostos no Referencial Curricular, “olham”para a criança em si mesma, objetivando o compromisso da família e da comunidade, mas ao mesmo tempo (des)responsabilizando o Estado por seu compromisso com as mesmas. Ao pensar que a sugestão do documento em questão procura estimular o “pedagógico” e as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil buscam estabelecer um caráter “mandatário” nas suas proposições, é possível resgatar...
tracking img