Trabalho infantil: perspectiva dos adolescentes inseridos no peti/jp sobre o futuro profissional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3175 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
|Proponente: Virgínia Helena Serrano Paulino Lima[1] |
|Instituição :SEDES/ JP – Programa de Erradicação de Trabalho Infantil |
|
|1. Denise Oliveira[2]|
|2. |
|3. |
|4. ||Título do Trabalho (máximo 12 palavras) |
|TRABALHO INFANTIL: PERSPECTIVA DOS ADOLESCENTES INSERIDOS NO PETI/JP SOBRE O FUTURO PROFISSIONAL |

|Palavras-Chave (3 palavras)|
|Adolescentes, Trabalho Infantil, PETI |

|Resumo Expandido (entre 2500 e 3000 palavras) |
|Introdução|
|Do latim adolescência significa adolescere, que significa crescer em direção à vida adulta, se caracteriza pela transição da |
|infância para a juventude e constitui temática de interesse de diversos campos do saber, tais como psicologia, antropologia, |
|sociologia e entre outros, a sociedade também tem seu conceito sobre o adolescente, porém não muito positivo associando-os a|
|rebeldia, irresponsabilidade, imaturidade, contradições, predisposição a situações de risco e desequilíbrios emocionais. |
|Temos que considerar que essa fase é cheia de conflitos, tanto internos como externos, entretanto não é uma fase vivenciada |
|igualmente por todos, onde o adolescente não é mais considerado criança, mas também não é adulto. Com a dificuldade de elaborar ||esses conflitos, eles tendem a agir, daí muitos adolescentes se envolvem com drogas, gravidez na adolescência, agressão, |
|precisando, assim, de apoio para entender e elaborar esses conflitos, outras características desse período é a busca da |
|identidade, o questionamento às coisas que lhes são impostas e a criação de suas próprias teorias. ||É no meio dessa turbulência típica da fase que o individuo é pressionado a seguir uma profissão, pois, convencionou-se |
|socialmente que ao concluir o ensino médio o adolescente precisa fazer essa escolha, no caso dos adolescentes de baixa renda, |
|antes disso eles já tentam se inserir no mercado de trabalho, formal ou informal, para ajudar na renda familiar. |
|Apropósito do estudo consideraremos os adolescentes de classe social de baixa renda, mais precisamente adolescentes, cuja às |
|famílias estão inseridas em programas de transferência de renda, como é o caso do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil e|
|Programa Bolsa Família no município de João Pessoa, para tanto se pretende analisar o trabalho infantil e como ele pode ||interferir no futuro profissional dos adolescentes que freqüentam as atividades no núcleo Centro Livre Meninada III. |
|Portanto discorreremos acerca do Trabalho Infantil, bem como analisaremos a política de atendimento da criança e adolescente no |
|Brasil, além de contextualizar o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil no Município de João Pessoa. |
|...
tracking img