Trabalho de tqc

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3596 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO
CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO RIO GRANDE DO SUL
Campus Bento Gonçalves

O verdadeiro critério da boa qualidade,
é a preferência do consumidor.

IVORLAN AMARAL DE FARIAS

Bento Gonçalves
2011

IVORLAN AMARAL DE FARIAS

Artigo das disciplinas de Fundamentos da Logística, e Português Instrumental no primeiro semestre do curso de Tecnologiaem Logística apresentado como requisito parcial da obtenção das médias nestas disciplinas.
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Campus Bento Goncalves.

Orientadores: Luiz Henrique R. Camfield
Carina Fior P. Balzan

Bento Gonçalves
2011

SUMÁRIO

1 Histórico 4
2 Deming (WilliamEdwards Deming) 4
3 Juran (Joseph M. Juran) 4
4 Feigenbaum (Armand V. Feigenbaum) 5
5 Ishikawa (Kaoru Ishikawa) 5
6 VICENTE FALCONI 6
I. O que é o controle de qualidade total? 7
V. Resposta rápida e eficaz 8




INTRODUÇÃO

CONTROLE DE QUALIDADE TOTAL

1 Histórico

Do ponto de vista industrial, base para o moderno conceito de qualidade conforme aplicado a produtos e serviços,pode-se destacar a evolução das práticas que, juntas, são chamadas de “Engenharia da Qualidade”, a partir da década de 1950, com o advento do conceito de “Gestão da Qualidade Total”, no Japão do pós-guerra.
Estes conceitos ganharam o mundo pelas visões de “gurus” da Qualidade Total, liderados pelos quatro principais nomes: Dr. W. Edwards Deming, Joseph M. Juran, Philip B. Crosby e Feigenbaun.
ADeming é creditado o aumento de produção dos EUA durante a segunda guerra mundial, também sendo conhecido como o pai do reavivamento da indústria japonesa do pós-guerra.
Procura-se descrever, a seguir, as principais contribuições relativas ao gerenciamento da qualidade sob a interpretação de Deming, Juran, Feigenbaun, Ishikawa, e Vicente C. Falconi. Em seus trabalhos são levantados suas principaiscontribuições que influenciaram e continuam a influenciar a maneira de se conceituar a qualidade.

2 Deming (William Edwards Deming)
É considerado o “pai da qualidade”, e sua abordagem é voltada ao uso de informações estatísticas e métodos administrativos para melhorar a qualidade. Deming focaliza a qualidade como atendimento às necessidades atuais e futuras dos clientes (Deming, 1990). Oautor sugere o ciclo PDCA (Plan, Do Check, Action).
Quanto aos fatores humanos, Deming dá importância aos fatores que inibem o trabalhador de orgulhar-se de seu trabalho e afirma que a maioria dos problemas de uma empresa são causados pelo sistema e não pelos operadores. A base do trabalho de Deming é o controle de processos através do uso de ferramentas e técnicas estatísticas.

3 Juran (JosephM. Juran)

Juran define a qualidade a partir de dois significados: “qualidade é adequação ao uso” e, “qualidade é ausência de falhas”. Além disso, define a função qualidade como sendo “o conjunto de atividades através das quais atingimos a adequação ao uso, não importando em que parte da organização estas atividades são executadas”. (JUran, p. 59) A função qualidade é organizada através dasatividades básicas conhecidas como trilogia Juran, que inclui:
- planejamento: Começa com o estabelecimento de metas da qualidade até o desenvolvimento de controles de processo para garantir o cumprimento das metas;
- controle: consiste em definir características a serem controladas, meios para avaliar o desempenho, comparar o desempenho com os objetivos e tomar ações corretivas;
-aperfeiçoamento: busca “atingir níveis de desempenho sem precedentes”
Quanto aos recursos humanos, enfatiza a importância do treinamento e da participação, para a qual propõem meios como: círculos de controle de qualidade(CCQ), equipes de projeto e autocontrole.
4 Feigenbaum (Armand V. Feigenbaum)

Feigenbaum é conhecido pela introdução do termo “Total Quality Control”, no seu livro publicado com o...
tracking img