Trabalho de fitoterapia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1016 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE - SUS

O Sistema Único de Saúde (SUS) foi criado pela Constituição Federal de 1988 para que toda a população brasileira tenha acesso ao atendimento público de saúde. Antes do advento do Sistema Único de Saúde (SUS), a atuação do Ministério da Saúde se resumia às atividades de promoção de saúde e prevenção de doenças (por exemplo, vacinação), realizadas em caráteruniversal, e à assistência médico-hospitalar para poucas doenças; servia aos indigentes, ou seja, a quem não tinha acesso ao atendimento pelo INAMPES. O INAMPS foi criado pelo regime militar em 1974 pelo desmembramento do Instituto Nacional de Previdência Social (INPS), que hoje é o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS); era uma autarquia filiada ao Ministério da Previdência e AssistênciaSocial (hoje Ministério da Previdência Social), e tinha a finalidade de prestar atendimento médico aos que contribuíam com a previdência social. Em meados da década de 70 ocorreu uma crise do financiamento da previdência social, com repercussões no INAMPS. Ao longo da década de 80 o INAMPS passaria por sucessivas mudanças com universalização progressiva do atendimento, já numa transição com o SUS.
Nãopodemos deixar de citar a 8ª Conferência Nacional de Saúde foi um marco na história do SUS por vários motivos, foi a primeira CNS a ser aberta à sociedade; além disso, foi importante na propagação do movimento da Reforma Sanitária, da 8ª CNS resultou na implantação do Sistema Unificado e Descentralizado de Saúde (SUDS), um convênio entre o INAMPS e os governos estaduais, mas o mais importante foiter formado as bases para a seção "Da Saúde" da Constituição brasileira de 05 de outubro de 1988. A Constituição de 1988 foi um marco na história da saúde pública brasileira, ao definir a saúde como "direito de todos e dever do Estado". A implantação do SUS foi realizada de forma gradual: primeiro veio o SUDS; depois, a incorporação do INAMPS ao Ministério da Saúde (Decreto nº 99.060, de 7 demarço de 1990); e por fim a Lei Orgânica da Saúde (Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990) fundou o SUS. Em poucos meses foi lançada a Lei nº 8.142, de 28 de dezembro de 1990, que imprimiu ao SUS uma de suas principais características: o controle social, ou seja, a participação dos usuários (população) na gestão do serviço.
Princípios do SUS:
Universalidade: Assegura o direito a saúde a todos, oscuidados e o acesso sem discriminação ao conjunto de ações e serviços de saúde ofertados pelo sistema.
Integridade: Considera as varias dimensões do processo saúde-doença que afetam os indivíduos e as coletividades e pressupõe a prestação continuada do conjunto de ações e serviço de saúde.
Equidade: Prioridade nas ofertas de ações e serviços a seguimentos populacionais que enfrentam maioresriscos de adoecer e morrer em decorrência da desigualdade na distribuição de renda, bens e serviços.
A configuração institucional do SUS nas instancias decisória e estrutura de gestão nas três esferas do governo e a seguinte: Na federal, Conselho Nacional, Ministério da Saúde e Comissão Tripartite. Na Estadual, Secretaria Estadual, Secretária Estadual e Comissão Bipartite. Na Municipal, ConselhoMunicipal e Secretárias Municipais. A direção do SUS è única, mas a atribuição de cada esfera do governo no desenvolvimento das funções é do poder executivo conforme determina a Lei 8.080, de 1990.
Os maiores obstáculos do SUS, passam pela exorbitante desigualdade sócio econômica e cultural, interegionais, interestaduais, intermunicipais; pela característica do próprio federalismo brasileiro, pelaproteção social fragmentada, pelo modelo medico assistencial privatista, pelo conflito entre o esforço financeiro e social, pela fraca tradição participativa da sociedade alem do orçamento do SUS ser insuficiente.
Esses problemas podem ser agrupados em torno de grandes desafios a superar: desafio da universalização; do financiamento; do modelo institucional; do modelo de atenção à saúde; da...
tracking img