Trabalho de filosofia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3062 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
“Se é correto que a verdade da fé cristã ultrapassa as capacidades da razão humana, nem por isso os princípios inatos naturalmente à razão podem estar em contradição com esta verdade sobrenatural”.

TOMÁS DE AQUINO
SumárioIntrodução...................................................................................................................................06

Vida.............................................................................................................................................07

Obras............................................................................................................................................08

Fé erazão.....................................................................................................................................09

A filosofia de ser.........................................................................................................................10Antropologia................................................................................................................................11

Teologia natural...........................................................................................................................12

Política........................................................................................................................................13Conclusão...................................................................................................................................14

Referências bibliográficas..........................................................................................................15

Anexos......................................................................................................................................16

Anexo I: A alma humana é alguma coisapermanente?............................................................17

Anexo II: O papel de Tomás de Aquino..................................................................................18




















INTRODUÇÃO




Proclamado pela Igreja católica como o “Doutor Angélico” e o Doutor por Excelência, Tomás de Aquino é permanentemente reverenciado nos meioscatólicos pelos filósofos e professores de filosofia.

Durante a idade média o pensamento se voltava em torno da escolástica, movimento religioso e teológico que surge no século IX e dura até o XV.
A característica essencial da escolástica é seu método especulativo, que busca a conciliação das verdades da fé e da razão, subordinando a filosofia à teologia. Nesse sentido, é uma continuação dapatrística, mas, como é menos uma doutrina do que um método engloba várias correntes de pensamento bem diferenciadas.

Nesse contexto, a instituição primordial que transmite a educação não é mais o mosteiro e sim a universidade. Nela, a escolástica floresce como método de raciocínio e discussão, e sobre a base de um rico patrimônio conceitual acumulado lentamente nos séculos precedentes. É então queacontece a penetração do aristotelismo, paradoxalmente transmitido pelo pensamento muçulmano e judaico, e que obriga a redefinir a estrutura teológico-filosófica do escolasticismo.

Tomás de Aquino desempenhou um papel importante nessa parte da filosofia medieval, a seguir estudaremos vida, obras e pensamentos desse pensador extraordinário que não abandonou sua fé e sobretudo não abriu mão de provarem momento algum a existência de Deus.





















1. Vida

Tomás de Aquino nasceu em 1225, no castelo de Roccasecca, na Campânia, da família feudal dos condes de Aquino. Era unido pelos laços de sangue à família imperial e às famílias reais de França, Sicília e Aragão. Recebeu a primeira educação no grande mosteiro de Montecassino, passando a mocidade em...
tracking img