Trabalho de contabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3086 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO







1 DEMOSTRAÇÃO DE FLUXO DE CAIXA ------------------------------------------- 2

2 DEMONSTRAÇÕES DE LUCROS E PREJUÍZOS ACUMULADOS ---------- 5

3 DEMONSTRAÇÕES DAS MUTAÇÕES DO PATIMONIO LIQUIDO -------- 7

4 DEMONTRAÇÕES DAS ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS ----- 10



































1 DEMONSTRAÇÔES DE FLUXO DE CAIXAMÉTODOS DE APRESENTAÇÃO DA DEMONSTRAÇÃO DO FLUXO DE CAIXA

Na preparação da Demonstração do Fluxo de Caixa poderá ser utilizado o modelo direto ou indireto, dependendo dos interesses dos usuários.

MÉTODO DIRETO

O Fluxo de Caixa pelo Método Direto é também denominado Fluxo de Caixa no Sentido Restrito. Muitos se referem a ele como o “verdadeiro Fluxo de Caixa”, porque, ao contrário doque se verifica no modelo visto anteriormente, nele são demonstrados todos os recebimentos e pagamentos que efetivamente concorreram para a variação das disponibilidades no período.
Logicamente, exige maior esforço em sua elaboração, uma vez que deve ser feito todo um trabalho de segregação das movimentações financeiras, necessitando de controles específicos para esse fim.
As entradas e saídasdo Caixa são evidenciadas a começar das vendas – por seus valores efetivamente realizados (recebidos), em vez do lucro liquido, como no Método Indireto. A partir daí, são considerados todos os recebimentos e pagamentos oriundos das operações ocorridas no período.
Pode-se, dessa forma, verificar que esse modelo possui um poder informativo bastante superior ao do Método Indireto, sendo melhor tantoaos usuários externos quanto ao planejamento financeiro do empreendimento.
A Demonstração de Fluxo de Caixa, modelo direto, explicita exatamente quanto entrou de dinheiro no Caixa e quanto saiu de dinheiro, reduzindo o Caixa. Assim, a Demonstração do Fluxo de Caixa é:
















MÉTODO INDIRETO

O fluxo obtido sob essa concepção é denominado Fluxo de Caixa pelo MétodoIndireto ou Fluxo de Caixa no Sentido Amplo. Isso se explica pela análise dos fundamentos de sua elaboração.
É estruturado por meio de um procedimento semelhante ao da Doar podendo mesmo ser considerado como uma ampliação da mesma. Consiste em estender á análise dos itens não circulantes – própria daquele relatório – as alterações ocorridas nos itens circulantes (passivo e ativo circulante),excluindo, logicamente, as disponibilidades, cuja variação estamos buscando demonstrar.
Assim, são efetuados ajustes ao lucro líquido pelo valor das operações consideradas como receitas ou despesas, mas que, então, não afetaram as disponibilidades, de forma que se possa demonstrar sua variação no período. De forma análoga a Doar, só que nesse caso enfocando o Caixa, consideramos como aplicações (saídas)do Caixa o aumento nas contas do Ativo Circulante e as diminuições no Passivo Circulante. Por outro lado, as diminuições de Ativo Circulante e aumentos nas contas do Passivo Circulante correspondem ás origens (entradas) de caixa.
Apesar de evidenciar a variação ocorrida nas disponibilidades, o fluxo estruturado, dessa maneira, não demonstra as diversas entradas e saídas de dinheiro do caixa porseus valores efetivos, mas fornece uma simplificação com base em uma diferença de saldos ou inclusão de alguns itens que não afetam as disponibilidades como despesas antecipadas, provisão para Imposto de Renda etc.
Esse modelo é muitas vezes preferido por aqueles que elaboram o Fluxo de Caixa, justamente pelas semelhanças existentes em relação ao método de montagem da Doar, com o qual estão maishabituados. Entretanto, deixa lacunas importantes na evidenciação das informações. A Demonstração do Fluxo de Caixa, modelo indireto, mostra quais foram as alterações no giro (Ativo Circulante e Passivo Circulante) que provocaram aumento ou diminuição no Caixa, sem explicitar diretamente as entradas e saídas de dinheiro.













Reduções nos montantes de Estoques e Duplicatas a...
tracking img