Trabalho amapa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1694 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1 Manifestações populares (danças, festas, músicas, folclores, expressões linguísticas).

Dentro da cultura regional do estado do Amapá, podemos entender sua cultura por alguns pontos específicos: suas manifestações populares (danças, festas, músicas, folclores e expressões linguísticas).
Dentre as manifestações populares se têm o Boi-bumbá, Marabaixo e inclusive Festas religiosas como o Síriode Nazaré, pois está entre as maiores riquezas do folclore amapaense, resgatando os traços marcantes da cultura indígena, africana com raízes religiosas.

1.1 Boi-Bumbá

Por ser uma tradição comum no norte do país, nessa festa do Boi-Bumbá as pessoas participantes vestem fantasias e dançam para relembrar a história do boi que ressuscita graças à intervenção do pajé, um feiticeiro indígena.“A festa conta a história de uma mulher grávida que tem o desejo de comer a carne do boi preferido do patrão do marido dela. O marido, para satisfazer a vontade da esposa, mata o animal, mas o dono descobre. Inconformado com a morte do seu boi preferido, o patrão ordena ao peão que dê um jeito de trazer de volta o animal vivo. O homem então pede ajuda ao pajé. Quando a mágica acontece, todosdançam alegremente em volta do boi” .

Todavia, a festa do boi-bumbá não é realizada apenas no estado do Amapá, mas é uma festa do norte do país que tenta resgatar nas pessoas sua alegria diante do cotidiano e o desejo de ser herói, mediante os desafios que aquelas pessoas simples enfrentam em seu dia a dia.

1.2 Marabaixo

Essa festa é uma homenagem ao Divino Espírito Santo sendo criada naespoca dos escravos que fora trazidos pra aquela região do Macapá por volta do séc. XVIII para construir a fortaleza de São José, que seria uma festa religiosa. Contudo essa pratica foi passada pelos escravos e a seus descendentes.
“A festa começa no domingo de Páscoa e dura meses. O ponto alto da festa, por exemplo, acontece no começo de novembro, com o Encontro dos Tambores, em Macapá. Durantequatro dias, as pessoas cantam e dançam o marabaixo. Para garantir a energia dos dançarinos, é servida uma bebida chamada de gengibirra, que é feita de gengibre ralado, cachaça e açúcar” .

As datas principais onde o Marabaixo é praticado na cultura amapaense são: Domingo de páscoa, cortação do mastro, domingo do mastro, quarta-feira de murta, quinta feira da hora, sábado do divino espírito santo,domingo do divino espírito santo, sábado da trindade, domingo da trindade, segunda-feira do mastro e domingo do senhor.
“Domingo de Páscoa: Começa com uma missa na Igreja de São Benedito, no bairro do Laguinho, no município de Macapá”. Dança-se o Marabaixo pela manhã e à tarde na casa do festeiro. Cortação do Mastro: É feita a "Cortação do Mastro" cinco semanas após a Páscoa, no sábado, nosarredores da cidade. É deixado nas proximidades da casa do festeiro, como preparação para o dia seguinte. Domingo do Mastro: Os participantes deslocam-se até o lugar onde está o mastro, dançando, cantando e soltando foguetes, com a bandeira do Divino e da Santíssima Trindade. Em seguida, apanham o mastro e o levam para a casa do festeiro, onde será guardado. Quarta-feira de Murta: Na primeiraQuarta-feira, depois do domingo do mastro, à tarde, os participantes vão "tirar a murta" às cercanias da cidade, levando a bandeira vermelha do Espírito Santo e voltam pelo mesmo itinerário, guardando a murta para enfeitar o mastro no outro dia. Quinta-feira da Hora: Pela manhã, depois que cavam e enfeitam o mastro do divino com os galhos da murta e a bandeira em sua extremidade, há a "Levantação doMastro". Dançam o Marabaixo até tarde. A partir desta data, durante 18 dias, são rezadas ladainhas em homenagem ao Divino Espírito Santo e à Santíssima Trindade, na casa do festeiro, em frente a um altar ornado com fitas, velas e ricas e seculares coroas de prata do Espírito Santo. À noite, depois da ladainha, é realizada uma festa para os participantes e convidados. Sábado do Divino Espírito Santo:...
tracking img