trab

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1407 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de outubro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Page 1 of 1

Questão - 1
Responda as perguntas abaixo.

1) O que especifica a Norma ANSI/EIA/TIA-568-B?
2) Quais informações trás as normas EIA/TIA-568-B.1, EIA/TIA-568-B.2 e EIA/TIA-568-B.3 ?
3) Quais os conceitos abordados pela norma ANSI/EIA/TIA 569-A?
4) O que são: a- Dutos: b- Rotas: c- Área de Trabalho:
5) Qual o padrão estabelecido pela norma EIA/TIA -570?
6)Do que se trata as normas EIA/TIA-606 e a norma EIA/TIA-607?
7) Como proceder para avaliação, aceitação e implantação de um projeto?
8) Quais características devem abordar uma documentação de rede estruturada?
9) Como elaborar um projeto de infra-estrutura?
10) O que é uma rede primária e uma rede secundária?
11) De acordo com a norma NBR14565, as etiquetas de identificaçãoutilizadas em rede estruturada devem seguir qual padrão de cores?
12) Quais os passos para realizar a montagem de um RJ-45?
13) De que forma pode se realizar testes e certificação de cabos de pares trançados?
14) O que é, qual a função e como é instalado:
a- Patch Panel:
b- Painel de Conexão Reduzido: c- Blocos de Saída RJ-45 e Blocos de Conexão 110: d- Gabinetes e Racks:
e- Brackets:f- Guias de Cabos:
g- Organizado Horizontal para Cabos:

PRODUTO/RESULTADO:

Questionário Respondido


1- O propósito desta norma é especificar um sistema de cabeamento genérico para edifícios
comerciais que suporte um ambiente com produtos de vários fabricantes. Ela também fornece
informações que podem ser usadas para uso em projetos de sistemas de telecomunicações emempresas comerciais. A norma 568B recomenda que a concepção de um sistema de cabeamento
estruturado seja elaborada durante a construção ou mesmo a reforma dos edifícios, pois dessa
maneira o custo é substancialmente reduzido quando comparado à reestruturação do cabeamento
em edifícios já construídos ou ocupados. Ela também especifica critérios técnicos de desempenho
para vários sistemas econfigurações de cabeamento. De uma maneira geral, ela determina os
requisitos de um sistema de cabeamento genérico que suporta vários serviços de
telecomunicações, como vídeo, dados e telefonia.


2 - EIA/TIA-568-B.1 - Este padrão incorpora e remodela o conteúdo técnico dos seguintes documentos:
- TIA/EIA TSB 67 – Transmission Performance Specifications for Field Testing of Unshielded TwistedPair Cabling Systems
- TIA/EIA TSB 72 – Centralized Optical Fiber Cabling
- TIA/EIA TSB 75 – Additional Horizontal Cabling Practices for Open Offices
- TIA/EIA TSB 95 – Additional Transmission Performance Guidelines for 4-Pair 100 Ohms Category 5 Cabling
- ANSI/TIA/EIA 568-A-1 – Propagation Delay and Delay Skew Specifications for 100 Ohms 4 Pair Cable
- ANSI/TIA/EIA-568-A-2 – Corrections andAdditions to TIA/EIA-568-A
- ANSI/TIA/EIA-568-A-3 - Performance Specifications for Hybrid Cables
- ANSI/TIA/EIA-568-A-4 – Production Modular Cord NEXT Loss Test Method and Requirements for Unshielded Twisted Pair Cabling
- ANSI/TIA/EIA-568-A-5 – Transmission PerformanceSpecifications for 4 Pair 100 Ohms Category 5e Cabling
- TIA/EIA/IS-729 – Technical Specifications for 100 Ohms Screened TwistedPair Cabling
CABEAMENTO BACKBONE
Os meios de transmissão reconhecidos são:
- Cabo par trançado sem blindagem, 4 pares 100 Ohms UTP
- Cabo óptico Multimodo 50/125 um ou 62,5/125 um
- Cabo óptico Monomodo
CABEAMENTO HORIZONTAL
Os meios de transmissão reconhecidos são:
- Cabo par trançado sem blindagem, 4 pares 100 Ohms UTP ou SC/TP (Screened Twisted Pair)
- Cabo óptico Multimodo de 2fibras 50/125 um ou 62,5/125 um
- Cabo par trançado blindado 2 pares 150 Ohms (STP-A), que não é recomendado para novas instalações
ÁREA DE TRABALHO
No mínimo duas tomadas / conectores de telecomunicações são necessárias por área de trabalho:
Primeira Tomada (obrigatório):
- Cabo par trançado sem blindagem (UTP) 4 pares 100 Ohms ou SC/TP e conector Categoria 5e associado
Segunda Tomada:
- Cabo...
tracking img