Toxicologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (869 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de março de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
1. Introdução
Sob os pontos de vista bioquímicos e molecular, a elucidação dos mecanismos da atividade tóxica de xenobióticos, assim como a avaliação das lesões causadas no organismo, podem serfeitas experimentalmente, utilizando-se animais inteiros ou órgãos e tecidos isolados. No caso de medicamentos, em particular, devem-se distinguir os efeitos colaterais e a toxicidade propriamente dita.A intoxicação inicia-se sempre com a exposição do organismo ao agente toxicante que, geralmente sofre absorção por variadas vias e atinge o sistema circulatório; o sangue e a linfa se encarregam detransportá-lo aos diversos tecidos e órgãos, onde o agente tóxico exerce sua atividade causando-lhes alterações bioquímicas ou fisiológicas, detectáveis pelos sinais e sintomas, ou mediante dadoslaboratoriais de diagnóstico.
As toxicidades provocadas por xenobióticos podem ser classificadas em agudas e crônicas, conforme o número e a persistência de contato do sistema biológico com o agente.2. Agentes tóxicos
Os agentes tóxicos apresentam estrutura química das mais variadas e podem ser classificados utilizando-se diferentes critérios, conforme a finalidade de seuestudo. Entre os critérios comumentes usados, têm-se, por exemplo, o químico, físico, bioquímico e o farmacológico. A toxicidade também varia com a interação de diferentes substâncias.
Sinergismo -define-se como a interatividade química entre diferentes compostos que podem aumentar a sua toxidade a quando comparada com a ação de cada composto isoladamente.
Antagonismo - define-se como ainteração que reduz o efeito da substância tóxica. A presença de um nutriente causa a indisponibilidade de um outro nutriente, mesmo que ele esteja presente no solo, em quantidade suficiente.
3. Efeitostóxicos
Após penetrar no organismo, os agentes químicos podem provocar uma variedade de efeitos tóxicos, incluindo efeitos imediatos (agudos) ou os efeitos a longo prazo (crônicos), dependendo da...