Todos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1475 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1. PERSONALIDADE E COMPORTAMENTO. PERCEPÇÃO / CONCEPÇÃO E COMPORTAMENTO INDIVIDUAL.
Abaixo serão analisados e apontados os traços de personalidade, dificuldade de percepção e implicações negativas de cada funcionário dentro do Pet.

1.1 TABELA

Tabela de Comportamentos Individuais
Nomes Cargos Traços de Personalidade Dificuldades de Percepção Implicação Negativa

Alba Lourenzão SóciaInconsciente (preguiçosa, desorganizada, e não confiável). Não se interessa pela parte da administrativa Acusa o sócio da queda de faturamento da empresa



Anita Túlio Jordão Banho Não possui abertura à experiência (por oposição à prática "terra a terra", com poucos interesses). Não possui motivação e não coopera Tem problemas em trabalhar em grupo




ÉderSeles Tosa Estabilidade Emocional (a pessoa é calma, autoconfiante). Causa mal-estar no ambiente de trabalho Acha-se superior aos outros empregados e tem problemas em trabalhar em grupo





Elaine Vérner Vendedora Inconsciente (preguiçosa, desorganizada, e não confiável). Não é cooperativa Obtém muitos atrasos e atestados médicos



Iara SantosIntrovertida (por oposição à reservada, tímida e calada). Não influência na empresa Não é participativa


João Maria Lourenzão Sócio Consciente (A pessoa é trabalhadora, organizada e confiável). Só cuida da administração Não possui pulso firme, está sempre atarefado.



Léa Júlio Jordão Banho Não possui abertura à experiência (por oposição à prática "terra a terra", com poucosinteresses). Não possui motivação e não coopera Tem problemas em trabalhar em grupo




Leila Xavier Vendedora Inconsciente (preguiçosa, desorganizada, e não confiável). Não é cooperativa Obtém muitos atrasos e atestados médicos



Rui Leme Gerente Agradabilidade (A pessoa é cooperativa "quente" e agradável) Dificuldades em liderar a equipe Não consegue organizara equipe



1.2 RELATÓRIO
O Pet Glamour é uma empresa, que como todas as organizações existentes possuem diversos problemas. Criada por sócios (irmãos), que compartilhavam o sonho de ter seu próprio negocio, esta passando por um momento delicado desde que houve a constatação de que o faturamento do último ano caiu em 4%.
A queda do faturamento trouxe a tona problemas que jáexistiam, mas como tudo andava aparentemente bem, ninguém se arriscava em levantar nenhuma questão contraditória. Mas quando surgiu a questão do problema financeiro, a coisa mudou de figura, pois os sócios começaram a entrar em conflito, gerando também conflitos entres seus funcionários, e prejudicando todo funcionamento da empresa.
Alba Lourezão começa a culpar seu sócio, pois segundo ela, João MariaLourenzão não tem administrado o Pet como deveria, causando assim a queda do faturamento. Já João culpa Alba por não ajuda-lo na administração, deixando-o sobrecarregado, pois segundo ele, Alba não quer participar da parte burocrática, e é ele quem tem que resolver tudo. Esse conflito não chega ao fim, pois ambas as partes, não procuram resolver de maneira democrática o problema, e ficam seacusando, ao invés de resolver e por um ponto final no problema.
Com a má administração do Pet e o conflito entre os sócios, gerou-se uma desorganização total entre os funcionários, fazendo com que entre eles também surgissem diversos conflitos. O gerente Rui Leme, senti-se desmotivado, pois não possui voz ativa sobre a equipe de banho e tosa, pois possuem contato direto com a Dona e acabam nãorespeitando suas decisões.
Na equipe de banho trabalham as funcionárias Léa Júlio Jordão e Anita Túlio Jordão, que na realização de suas tarefas, usam os produtos sem nenhum aviso a Rui ou registro, fazendo com que o estoque seja mal gerenciado, e provocando problemas com Rui que ao questioná-las tem sua autoridade posta em dúvida.
Na tosa, o responsável é Éder Seles que possui talento visível em...
tracking img