Todos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1071 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
2011
SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO 4

2 ROTINAS TRABALHISTAS 5
2.1 Contribuição sindical 5
2.2 Desconto de INSS e IRRF dos empregados 5
2.3 Faltas 6
2.4 Horas Extras 6
2.5 Pagamento e desconto de RSR 7
2.6 Encargos Sociais – INSS parte da empresa e FGTS 7

3 CULTURA E CLIMA ORGANIZACIONAL 10

4 PROCESSO CONTÁBIL 11
4.1 Lançamentos contábeis no livro diário 11
4.2 Lançamentos contábeis nolivro razão 11
4.3 Balancete de Verificação 11

5 JUROS COMPOSTOS 13
5.1 Taxas de juros nominais 13
5.2 Taxas de juros efetivas 13
5.3 Taxas de juros proporcionais 14
5.4 Taxas de juros equivalentes 14

6 ANÁLISE MERCADOLÓGICA REGIONAL 15
6.1 Análise de mercado 15
6.2 Demanda, oferta e equilíbrio de mercado 15A legislação trabalhista admite determinadas situações em que o empregadopoderá deixar de comparecer ao serviço, sem prejuízo do salário.



As dispensas legais são contadas em dias de trabalho, dias úteis para o empregado.



Quando a legislação menciona "consecutivos", este é no sentido de seqüência de dias de trabalho, não entrando na contagem: sábado que não é trabalhado, domingos e feriados.



Exemplo:



Falecimento do pai do empregado naquinta-feira à noite, este empregado não trabalha aos sábados, então poderá faltar, sem prejuízo do salário, a sexta-feira e a segunda-feira.



FALTAS ADMISSÍVEIS



O empregado poderá deixar de comparecer ao serviço sem prejuízo do salário:

- até 2 (dois) dias consecutivos, em caso de falecimento do cônjuge, ascendente, descendente, irmão ou pessoa que, declarada em sua Carteira deTrabalho e Previdência Social, viva sob sua dependência econômica;



- até 3 (três) dias consecutivos, em virtude de casamento;



- por 5 (cinco) dias, em caso de nascimento de filho, no decorrer da primeira semana;



- por um dia, em cada 12 (doze) meses de trabalho, em caso de doação voluntária de sangue devidamente comprovada;



- até 2(dois) dias consecutivos ou não, para o fim de se alistar eleitor, nos termos da lei respectiva;



- no período de tempo em que tiver de cumprir as exigências do Serviço Militar referidas na letra "c" do art. 65 da Lei nº 4.375, de 17 de agosto de 1964 (Lei do Serviço Militar);



- quando for arrolado ou convocado para depor na Justiça;



- faltas ao trabalhojustificadas a critério do empregador;



- período de licença-maternidade ou aborto não criminoso;



- paralisação do serviço nos dias que, por conveniência do empregador, não tenha havido trabalho;



- afastamento por motivo de doença ou acidente de trabalho (primeiros 15 dias);



- período de afastamento do serviço em razão de inquéritojudicial para apuração de falta grave, julgado improcedente;



- durante a suspensão preventiva para responder a inquérito administrativo ou de prisão preventiva, quando for impronunciado ou absolvido;



- comparecimento como jurado no Tribunal do Júri;



- nos dias em que foi convocado para serviço eleitoral;



- nos dias em que foi dispensadodevido à nomeação para compor as mesas receptoras ou juntas eleitorais nas eleições ou requisitado para auxiliar seus trabalhos (Lei nº 9.504/97);



- os dias de greve, desde que haja decisão da Justiça do Trabalho, dispondo que, durante a paralisação das atividades, ficam mantidos os direitos trabalhistas (Lei nº 7.783/89);



- os dias em que estiver comprovadamenterealizando provas de exame vestibular para ingresso em estabelecimento de ensino superior;



- as horas em que o empregado faltar ao serviço para comparecimento necessário como parte na Justiça do Trabalho (Enunciado TST nº 155);



- período de freqüência em curso de aprendizagem;



- licença remunerada;



- atrasos decorrentes de acidentes de...
tracking img